Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

MP dá parecer favorável a inquérito sobre Lula na Zelotes

Operação investiga suspeita de venda de medidas provisórias para beneficiar montadoras

A Procuradoria da República no Distrito Federal deu nesta sexta-feira parecer favorável ao prosseguimento do inquérito 1621 da Operação Zelotes, aberto pela Polícia Federal em dezembro para investigar se o ex-presidente Lula, ex-ministros do governo petista e servidores de alto escalão se associaram a uma quadrilha de lobistas acusada de pagar propina para obter incentivos ficais a montadoras, por meio de medidas provisórias.

Leia mais:

Operação Zelotes: Lula presta depoimento à PF ​

Filho de Lula confirma à PF que recebeu de firma investigada

O parecer é assinado pelo procurador da República Marcelo Ribeiro de Oliveira. Ele sustenta no documento que o inquérito em curso não tem por objetivo apurar os mesmos fatos e pessoas envolvidas no inquérito 1424, que deu origem à primeira ação penal decorrente da Zelotes, em curso na 10ª Vara Federal, em Brasília. Segundo o procurador, os inquéritos são complementares. Ele defendeu o aprofundamento das investigações

“Sim, há proximidade, continuidade até, mas não repetição”, escreveu o procurador. “A grande complexidade da empreitada criminosa descrita na peça acusatória [denúncia], aliada ao exíguo prazo para a propositura da ação, decorrente da existência de requeridos presos, impediu que todos os elementos de prova fossem produzidos ainda na fase de investigação.”

A manifestação foi solicitada pelo juiz federal Vallisney de Souza Oliveira, depois que advogados dos dezesseis réus da ação penal pediram o trancamento do inquérito, alegando duplicidade de investigação, o que prejudicaria a defesa.