Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Moro manda bloquear R$ 5,3 mi de Gim Argello

O juiz Sergio Moro, responsável pelos processos da Operação Lava Jato em 1ª instância, determinou o sequestro de 5,35 milhões de reais do ex-senador Gim Argello (PTB-DF), do atual secretário-geral da Câmara Legislativa do Distrito Federal Paulo Roxo, apontado como operador do ex-congressista, e das contas das empresas Argelo & Argelo Ltda., Garantia Imóveis Ltda. e Solo – Investimentos e Participações Ltda., todas do ex-parlamentar. Argello e Roxo foram presos na 28ª fase da Operação Lava Jato. Na fase das investigações batizada de Vitória de Pirro, Marcos Paulo Ramalho, Dilson de Cerqueira Paiva Filho, Roberto Zardi Ferreira e Gustavo Nunes da Silva Rocha foram alvos de condução coercitiva e Valério Neves foi preso temporariamente. (Laryssa Borges, de Brasília)