Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Moro assume oficialmente coordenação de Justiça e Segurança na transição

Ex-juiz federal terá atribuição de requisitar informações dos órgãos e entidades da administração pública federal

Por Da Redação - 20 nov 2018, 10h36

Ministro extraordinário da transição, Onyx Lorenzoni designou o ex-juiz Sergio Moro para exercer a função de coordenador do Grupo Técnico de Justiça, Segurança e Combate à Corrupção do Gabinete de Transição Governamental.

Lorenzoni, futuro chefe da Casa Civil, delegou a Moro a atribuição de requisitar informações dos órgãos e entidades da Administração Pública Federal, assim como apoio técnico administrativo necessário ao desenvolvimento dos trabalhos da transição.

As decisões constam de portarias publicadas no Diário Oficial da União (DOU) desta terça-feira. Na última segunda (19), a exoneração do futuro ministro de Jair Bolsonaro foi publicada no Diário Oficial. Ele deixa o cargo de juiz federal em Curitiba para assumir a pasta da Justiça e Segurança Pública em janeiro.

Em outra determinação, Onyx ainda trocou a função de Arthur Bragança de Vasconcelos. Agora, ele irá coordenar o Grupo Técnico de Cidadania do Gabinete de Transição Governamental, e não mais a área de Saúde, Previdência e Desenvolvimento Social.

Publicidade