Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Moro amplia por um dia prisão de ex-vereador petista

O juiz Sergio Moro renovou nesta segunda-feira por mais um dia a prisão temporária do ex-vereador petista Alexandre Romano, o “Chambinho”, preso na 18ª fase da Operação Lava Jato, batizada de Pixuleco 2. A detenção do advogado, suspeito de ser operador de propinas no Ministério do Planejamento, venceria hoje. Originalmente, a Polícia Federal havia pedido a decretação da prisão preventiva contra Romano, mas como não há, nesta segunda, tempo hábil para que o Ministério Público e a defesa do suspeito se manifestem sobre essa possibilidade, foi ampliada por 24 horas a detenção do ex-vereador. Até as 13 horas desta terça, MP e defesa devem se manifestar sobre o caso para que, na sequência, Moro decida o destino de Alexandre Romano. Ao contrário da prisão temporária, que tem prazo de cinco dias, na preventiva não existe duração pré-determinada. (Laryssa Borges, de Brasília)