Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Moraes define multa a Silveira, que admite colocar tornozeleira

Ministro do STF também determinou que Banco Central bloqueie contas e Câmara desconte eventual multa dos vencimentos do parlamentar

Por Da Redação Atualizado em 31 mar 2022, 07h25 - Publicado em 30 mar 2022, 21h12

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes definiu na noite desta quarta-feira, 30, multa diária de R$ 15 mil caso o deputado Daniel Silveira (União Brasil-RJ) continue se recusando a ser monitorado por tornozeleira eletrônica. O magistrado também ordenou que o Banco Central bloqueie as contas bancárias ligadas ao parlamentar para garantir o pagamento da multa, caso seja necessário.

Moraes determinou ainda que o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), “indique dia, horário e local para a efetivação do monitoramento eletrônico do réu Daniel Silveira” e adote as providências para garantir o pagamento de eventual multa, descontando o valor diretamente nos vencimentos do parlamentar.

A decisão do ministro também exige a abertura de um inquérito, vinculado ao já existente e sob relatoria do próprio Moraes, para apurar a desobediência de Daniel Silveira à decisão judicial de instalação da tornozeleira e restrição de circulação.

Além disso, a medida autoriza a ampliação da chamada “zona de inclusão”, ou seja, da área por onde Daniel Silveira poderá circular com a tornozeleira. Com isso, o deputado poderá circular, além de Petrópolis e do Distrito Federal, que constavam na decisão anterior, por todo o estado do Rio de Janeiro, onde exerce o mandato.

Depois da decisão de Moraes, o bolsonarista disse na saída da Câmara ainda na noite de quarta que irá colocar a tornozeleira eletrônica “por imposição de sequestro de bens”. Questionado se havia aceitado a ordem, o bolsonarista afirmou que não e voltou a criticar Moraes. Ressaltou ainda que não iria até a PF para cumprir a medida.

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo da VEJA! Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.

a partir de R$ 39,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Edições da Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 19,90/mês