Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Ministro Mauro Lopes é alvo de 11 representações no PMDB

A Comissão de Ética do PMDB recebeu nesta sexta-feira onze representações contra o ministro da Aviação Civil, Mauro Lopes. Deputado federal licenciado, Lopes tomou posse nesta quinta-feira no cargo e desrespeitou um veto aprovado no sábado pela convenção nacional do partido: nenhum filiado poderia assumir cargo no governo federal dentro de trinta dias, período em que a legenda decidirá sobre a ruptura com Dilma, tendência majoritária na legenda. O Diretório Nacional do partido convocou para o dia 29 de março a reunião decisiva sobre o desembarque e a entrega de cargos a Dilma. Na véspera, o vice-presidente da República, Michel Temer, faltou à posse de Lopes e disse em nota que o novo ministro afrontava a instância máxima do PMDB. Lopes minimizou e disse que só respeitaria decisão da Executiva Nacional do partido. O órgão vai se pronunciar sobre a punição a Lopes – a ala favorável ao impeachment pede a expulsão dele. O processo, cuja relatoria será de Rosemary Rainha, deve ser concluído dentro de vinte dias e encaminhado à Executiva Nacional. Lopes será notificado a apresentar defesa na semana que vem, conforme o presidente da comissão, Eduardo Krause. (Felipe Frazão, de Brasília)