Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Ministro da Justiça é internado para tratamento complementar de câncer

José Eduardo Cardozo ficará por três dias no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo, para procedimentos na tireoide

Por Da Redação 16 out 2015, 16h11

O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo (PT), internou-se nesta sexta-feira no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo. Ele passará por um tratamento pelos próximos três dias em procedimento complementar à cirurgia de retirada de um câncer da tireoide realizada há três meses. “Logo estarei de volta”, disse Cardozo.

O tratamento é feito a base de iodo e por isso o paciente precisa ficar isolado. Há algumas restrições, mas eventualmente ele pode atender ao telefone. No começo da semana, Cardozo deve voltar a Brasília para dar expediente normal. Nas últimas semanas, o ministro tem sido bombardeado por setores do PT e do PMDB que preferem vê-lo fora do Ministério da Justiça.

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ) têm pedido sua demissão da pasta e até sua transferência para a Advocacia Geral da União (AGU). Apesar das pressões, Cardozo tem a confiança da presidente Dilma Rousseff. Em 2010, ele foi um dos coordenadores da campanha dela e já está na cadeira de ministro da Justiça há cinco anos.

(Com Estadão Conteúdo)

Continua após a publicidade
Publicidade