Clique e assine com até 92% de desconto

Ministra Helena Chagas deixa Secretaria de Comunicação Social

Novo chefe da pasta deve ser o atual porta-voz da Presidência, Thomas Traumann. Trata-se da quarta mudança no governo nesta semana

Por Gabriel Castro, de Brasília 31 jan 2014, 11h04

A ministra da Secretaria de Comunicação Social, Helena Chagas, formalizou nesta sexta-feira sua saída do cargo. Em uma carta entregue à presidente Dilma Rousseff, ela fala em “afastamento” do posto – embora, na prática, a ministra esteja sendo demitida. Helena estava no cargo desde o início do governo, em 2011. O novo ministro deve ser Thomas Traumann, atual porta-voz da Presidência da República.

A carta de Helena Chagas também diz que sua saída ocorre “conforme entendimentos anteriormente mantidos” e faz um pequeno balanço do trabalho realizado: “Acredito ter contribuído, com meu trabalho e com o esforço dos servidores da Secom, para a imagem positiva que Vossa Excelência e seu governo têm junto aos brasileiros”, diz a ex-ministra no texto.

Leia também:

Novo ministro da Educação é réu em processo na Justiça

Esta é a quarta troca ministerial da semana. Nesta quinta-feira, Aloízio Mercadante deixou o Ministério da Educação para assumir a Casa Civil no lugar de Gleisi Hoffmann. O petista foi substituído por Henrique Paim. Na Saúde, Alexandre Padilha deu lugar a Arthur Chioro.

A saída de Helena Chagas não estava prevista inicialmente na reforma ministerial, cujo principal objetivo é substituir os ministros que vão disputar eleições em 2014.

Leia também:

Sem surpresas, Dilma anuncia três trocas no ministério

Dilma Rousseff por Portugal

Continua após a publicidade
Publicidade