Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Michel Temer rebate Lula e diz saber que “não há golpe em curso no Brasil”

Petista havia criticado o vice-presidente mais cedo, durante manifestação pró-Dilma realizada em Fortaleza

Por Da Redação 2 abr 2016, 18h51

Michel Temer rebateu as afirmações que Lula fez sobre o vice-presidente neste sábado, durante ato em Fortaleza. “Como constitucionalista, como professor de Direito, Temer sabe que o impeachment é golpe”, disse o petista. No final da tarde do mesmo dia, a assessoria de imprensa de Temer, por meio de nota à imprensa, afirmou que “justamente por ser professor de direito constitucional, Michel Temer tem ciência de que não há golpe em curso no Brasil”.

Em discurso rápido realizado na manifestação pró-Dilma na capital cearense, o ex-presidente também afirmou que “a forma mais vergonhosa de chegar ao poder é tentar derrubar um mandato legal”, uma clara crítica a Temer, que assume a presidência caso a impedição de Dilma se concretize. Lula ainda disse que pretende assumir a Casa Civil em breve. “Na próxima quinta-feira, se tudo der certo, se a Corte Suprema aceitar, eu estarei assumindo o ministério. Eu volto para ajudar a companheira Dilma”.

Leia também:

Temer, sobre pedido de impeachment feito por Cid Gomes: “Espetáculo deprimente”

O fim da longa união entre o PMDB do Rio e o Planalto

Nesta semana, o PMDB decidiu deixar a base de apoio de Dilma Rousseff e entregar os cargos ocupados por integrantes do partido. A decisão, porém, não teve apoio de todos os membros da legenda. Dos sete ministros do PMDB, apenas um deixou o cargo: Henrique Alves, do Turismo. Além disso, Renan Calheiros, presidente do Senado, assumiu que a medida foi precipitada.

(Da redação com Estadão Conteúdo)

Continua após a publicidade

Publicidade