Clique e assine a partir de 9,90/mês

MG: Rodrigo Pacheco e Carlos Viana eleitos senadores; Dilma em 4º lugar

Candidato do DEM tem 20,54% dos votos e representante do PHS 20,30%; ex-presidente vinha liderando disputa por uma das duas vagas até este sábado

Por Leonardo Lellis - Atualizado em 7 Oct 2018, 21h03 - Publicado em 7 Oct 2018, 17h39

Com 98,3% das urnas apuradas, a eleição para o Senado no estado de Minas Gerais termina com um cenário diferente do que vinha sendo medido pelos institutos de pesquisa. A ex-presidente Dilma Rousseff (PT), que liderava os levantamentos, tem até agora 15,21% dos votos válidos e está em quarto lugar na disputa.

Os candidatos eleitos foram Rodrigo Pacheco (DEM), que lidera com 20,54% dos votos e Carlos Viana (PHS), que recebeu 20,30% dos votos.

Dinis Pinheiro (Solidariedade) tem 18,45% e está em terceiro lugar, também na frente de Dilma.

Na última pesquisa Ibope anterior às eleições, divulgada neste sábado, Dilma tinha 26% das intenções de voto. Em nenhum momento da campanha ela teve menos que 20%.

Continua após a publicidade

A disputa mais acirrada estava justamente pela segunda vaga: Carlos Viana tinha 19% no último levantamento do Ibope. Ele era seguido de perto por Rodrigo Pacheco (18%), Dinis Pinhheiro (16%) e Fábio Cherem (12%).

Publicidade