Clique e assine a partir de 8,90/mês

Mensaleiras presas tomam 1º banho de sol na Papuda

Kátia Rabello e Simone Vasconcellos caminharam no pátio do presídio no Distrito Federal. Sem uniforme, elas conversaram com outra detenta

Por Da Redação - 19 nov 2013, 12h47

A ex-dona do Banco Rural, Kátia Rabelo, e a ex-diretora da agência de publicidade de Marcos Valério, Simone Vasconcelos, condenadas no julgamento do mensalão, tiveram direito ao primeiro banho de sol no Complexo Penitenciário da Papuda, no Distrito Federal, nesta terça-feira. Durante meia hora, elas caminharam pelo pátio do presídio e conversaram com outra detenta, sempre escoltadas por policiais. Elas têm direito a duas horas diárias de banho de sol.

Presas em Brasília desde sábado, elas foram transferidas na segunda-feira da Superintendência da Polícia Federal para uma unidade da Polícia Militar dentro do Complexo Penitenciário da Papuda, onde estão presos também os petistas José Dirceu, José Genoino e Delúbio Soares.

Leia também:

Juiz autoriza transferência de Dirceu, Delúbio e Genoino para o regime semiaberto

Dirceu conhece sistema penitenciário e está sereno, diz advogado

Kátia foi condenada pelo Supremo Tribunal Federal (STF) a quase 17 anos de prisão pelos crimes de formação de quadrilha, gestão fraudulenta, lavagem de dinheiro e evasão de divisas. Já Simone Vasconcelos foi condenada a 12 anos e 7 meses pelos crimes de corrupção ativa, formação de quadrilha, lavagem de dinheiro e evasão de divisas. A pena será cumprida em regime semiaberto.

(Com Estadão Conteúdo)

Continua após a publicidade
Publicidade