Clique e Assine VEJA por R$ 9,90/mês
Continua após publicidade

Médicos suspendem alimentação oral de Jair Bolsonaro

Boletim médico informa que medida foi necessária em razão de uma distensão abdominal; quandro de saúde é estável

Por Leonardo Lellis Atualizado em 12 set 2018, 16h46 - Publicado em 12 set 2018, 11h23

A equipe de médicos que trata o candidato a presidente Jair Bolsonaro (PSL), suspendeu a alimentação oral um dia depois de o presidenciável conseguir ingerir comida normalmente. Ele está internado no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, em razão de um ataque a faca que sofreu durante ato de campanha em Juiz de Fora (MG) no último dia 6.

Boletim médico do hospital, divulgado às 11 horas desta quarta-feira, informa que o presidenciável voltou a ingerir nutrientes apenas pela via endovenosa (por meio de soro) em razão do surgimento de uma distensão abdominal (inchaço no abdômen causado pela falta de atividade intestinal).

A nota também diz que o estado de saúde de Bolsonaro segue estável. Ele continua fora da UTI, em cuidados semi-intensivos, sem febre ou outros sinais de infecção. Os exames laboratoriais também permanecem estáveis. Na terça-feira, quando o candidato deixou a UTI, os médicos já haviam retirado uma sonda.

 

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 49,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.