Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

‘Marina não é quadro do PSB’, diz presidente do partido

Por Da Redação 22 ago 2014, 20h37

A encrenca entre os dirigentes do PSB e os “marineiros” não dá sinais arrefecimento. Nesta sexta-feira, depois de brigarem a semana inteira, os dois lados voltaram a se estranhar. Presidente do PSB e ligado ao ex-presidente Lula, Roberto Amaral afirmou que encara a possibilidade de desfiliação de Marina Silva no futuro, mesmo se eleita presidente, com naturalidade. “Está claro que ela não é um quadro do partido. Marina, na nossa chapa, representa a Rede. Somos dois partidos e quando ela entrou no PSB isso ficou claro”, disse. Na primeira pesquisa após a morte de Eduardo Campos, a ex-senadora aparece com 21% das intenções de voto – o pernambucano patinava no patamar de 10%. “Antes, nós sentíamos que tínhamos condições de ir ao segundo turno. Hoje nós estamos convencidos de que paira sobre os nossos ombros a grande responsabilidade de governar o Brasil a partir de 2015”, disse Amaral. (Marcela Mattos, de Brasília)

Leia também: Cargo de presidente não é propriedade de partido, diz Marina

Publicidade