Clique e assine a partir de 9,90/mês

Manifestantes entram em confronto em frente ao prédio de Lula

Ex-presidente foi levado para depor na 24ª fase do Lava Jato na manhã desta sexta-feira

Por Da Redação - 4 mar 2016, 09h07

Manifestantes pró e contra Luiz Inácio Lula da Silva entraram em confronto em frente ao prédio onde ele mora, em São Bernardo do Campo (SP), na manhã desta sexta-feira, após o ex-presidente ser levado pela Polícia Federal para depor na 24ª fase da Lava Jato. A confusão foi apaziguada por policiais e guardas municipais. Porém, o número de pessoas na região continua a crescer e são constantes os gritos que pedem por cadeia.

Lula é o alvo da 24ª etapa da Operação Lava Jato e será ouvido coercitivamente pela Polícia Federal. Entre os endereços visitados pela PF desde o início da manhã de hoje estão, além do apartamento do ex-presidente, o do seu filho, Fabio Luiz Lula da Silva, e o do Instituto Lula.

Leia também:

Lula é levado pela Polícia Federal para depor na 24ª fase da Lava Jato

Continua após a publicidade

Operação da PF na casa de Lula é destaque na imprensa internacional

Ao todo, a PF cumpre 44 ordens de Sérgio Moro: onze conduções coercitivas e 33 mandados de busca e apreensão em endereços relacionados ao petista, como o próprio Instituto Lula e imóveis em São Bernardo do Campo, Atibaia e Guarujá (SP), onde o petista e a mulher tiveram um tríplex reformado pela OAS.

A PF informou que investiga crimes de corrupção e lavagem de dinheiro no âmbito da Lava Jato. Também há mandados judiciais em Salvador, Rio de Janeiro, além de Diadema, Santo André e Manduri, todas em São Paulo.

(Da redação com Estadão Conteúdo)

Publicidade