Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Maioria do STJ rejeita pedido de Lula para evitar prisão

Três dos cinco ministros da 5ª Turma Criminal da Corte negaram concessão de habeas corpus ao petista para impedir execução de sentença definida pelo TRF4

Com três votos proferidos, a 5ª Turma Criminal do Superior Tribunal de Justiça (STJ) já tem maioria para rejeitar recurso do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) que tentava suspender a prisão imediata após condenação em segunda instância no caso envolvendo um tríplex no Guarujá (SP).

Lula pede um habeas corpus preventivo para impedir a execução imediata da pena de 12 anos e um mês de prisão em regime fechado determinada pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) em julgamento de segunda instância – o petista havia sido condenado pelo juiz Sergio Moro a nove anos e meio de prisão.

Rejeitaram o pedido o relator do processo, Felix Fischer, e os ministros Jorge Mussi e Reynaldo Soares da Fonseca, presidente do colegiado. Ainda faltam votar Joel Ilan Paciornik e Ribeiro Dantas, mas o voto deles não muda a decisão da Turma.

Com isso, a prisão de Lula pode ocorrer assim que o TRF4 julgar um último recurso apresentado pelo petista (chamado “embargos de declaração”), que não tem o poder de mudar a decisão.

O ex-presidente é acusado de ser o proprietário oculto do imóvel no litoral paulista, que teria sido cedido pela construtora OAS – dona formal do tríplex – em troca de favores em negócios com a Petrobras. A defesa de Lula nega a acusação.

Acompanhe o julgamento:

 

 

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Sergio Roberto de Andrade Leite

    Que excelente notícia. A maioria já votou contra o Habeas Corpus. Assim, o resultado já está definido: Lula será preso.

    Curtir