Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Luta por moradia ‘não é caso de polícia’, diz Lula sobre Boulos

Ex-presidente usou rede social para se manifestar sobre prisão de líder do MTST, ocorrida durante reintegração de posse de um terreno em São Paulo

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) usou seu perfil oficial no Facebook para se manifestar contra a prisão do líder do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST), Guilherme Boulos, ocorrida nesta terça-feira, em São Paulo. “Não é caso de polícia. Toda a solidariedade ao companheiro Guilherme Boulos”, escreveu Lula.

“A luta para que todos tenham direito a uma moradia digna é parte da construção de um Brasil melhor e mais justo. É preciso muito diálogo, investimento em moradia e políticas públicas”, declarou o ex-presidente. Na postagem, Lula usou a hashtag “#LibertemOBoulos”, adotada por internautas que não concordam com a detenção do líder do MTST.

Boulos foi detido por desobediência civil e incitação à violência durante a reintegração de posse em um terreno particular em São Mateus, na Zona Leste de São Paulo. Ele foi levado ao 49º Distrito Policial (São Mateus), onde prestou depoimento e assinou um termo circunstanciado – foi liberado após quase dez horas de detenção. De acordo com o MTST, ao menos 700 famílias moravam no local, conhecido como Ocupação Colonial.

Domínio do Fato

Para prender Boulos, a Policia Civil utilizou, segundo o jornal O Estado de S.Paulo, a “teoria do domínio do fato”, preceito jurídico que ficou conhecido em 2013 durante o julgamento do Mensalão, sobretudo na condenação do ex-ministro José Dirceu (PT). Na avaliação dos policiais, Boulos pode ser responsabilizado pelas ações de seus comandados por exercer, como líder do MTST, forte influência sobre estes.

(Com Estadão Conteúdo)

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. O bebum usa a mídia para passar a imagem de vítima, sendo que verdadeira vítima foi o povo brasileiro, com o golpe aplicado pelo lulopetismo durante 13 anos. #LULANOXILINDRÓ

    Curtir

  2. Fernando Santos

    A jararaca quando convém sabe de tudo, quando não convém não sabe de nada e aí vira o “santo perseguido” que nada sabe e nada viu. E ainda temos uma legião de patetas que acreditam nas sandices deste senhor, bem verdade que a maioria por terem se beneficiado dos “esquemas”

    Curtir

  3. De moradia ele entende. Primeiro ele morou sempre de graça na casa de um empresário, depois adqueriu um triplex mediante propinas e ainda ganhou o uso eterno e gratuito de um sítio. Sempre se aproveitou dos outros.

    Curtir

  4. Wolfgang Amadeus

    Não era para existir MTST nem MST, pois foram 16 anos de governo PT que podia ter resolvido o problema da moradia.

    Curtir

  5. Manuel Antonio Fialho

    Um sugestão para a quadrilha desse Boulos, invadir um certo sitio em Atibaia e um triplex no Guaruja, afinal nenhum dos dois tem dono

    Curtir

  6. Victor Dutra

    Lula e PT, “por que non te calas”, estamos esperando ansiosamente a sua prisão, depois disto, aumentará a credibilidade dos empresários e o Brasil vai começar entrar nos eixos

    Curtir

  7. hildo molina

    luta por moradia é trabalhar mais de 20 anos economizando o máximo para comprar um imovel mesmo que meia boca e depois trabalhar mais uns 5 anos para ir reformando devagar como meu pai fez e eu fiz depois, isso não é caso de polícia, mas roubar propriedades é crime e que dá legítima defesa. vagabundo!

    Curtir

  8. VERDE e AMARELO

    O BRASIL TEM QUE SER VERMIFUGADO! TEMOS QUE RECONHECER, NÃO HÁ OUTRA SOLUÇÃO QUE NÃO SEJA A INTERVENÇÃO CONSTITUCIONAL, MILITAR, NOSSAS INSTITUIÇÕES FORAM INFILTRADAS E SERVEM A ONU, A GLOBALISTAS E COMUNISTAS, OS DIREITOS HUMANOS É UM VENENO GENOCIDA CRIADO NA ONU E TRAZIDO DE LÁ EM 1993, POR FHC, PARCEIRO DE LULA!

    Curtir

  9. Hermes Alves de Matos

    O direito de todo cidadão termina, quando o do outro começa. Direito a moradia é uma coisa, agora tomar as coisas dos outros, aí é crime…

    Curtir