Clique e assine a partir de 9,90/mês

Lula não cumpriu promessa de investimentos em Cultura

Por Da Redação - 20 Oct 2010, 07h50

Quando nomeou Gilberto Gil ministro da Cultura, em 2003, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva prometeu elevar a verba da pasta para o equivalente a 1% do Orçamento. Sete anos depois, a promessa ainda não foi cumprida. Na festa de apoio promovida por artistas para a candidata do governo à Presidência, Dilma Rousseff, ninguém se lembrou de avaliar os gastos do Planalto com Cultura, que chegaram a 2,23 bilhões de reais em 2010 – o equivalente a 0,23% do total do Orçamento.

De acordo com reportagem desta quarta-feira do jornal O Globo, no ano da promessa, o investimento na pasta era de 0,08% do total do Orçamento. Para 2011, o Ministério da Cultura deverá receber 2,23 bilhões de reais, ou 0,23% dos 974,8 bilhões de reais previstos no Orçamento. Os gastos do setor, porém, devem ser maiores, graças a emendas de deputados e senadores.

O orçamento da Cultura em 2010 foi o quinto menor da Esplanada, à frente apenas dos ministérios da Pesca, Esporte, Indústria e Comércio e Relações Exteriores. No ano que vem. A pasta deve registrar a terceira pior posição, superando somente os ministérios da Pesca e do Esporte.

Publicidade