Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Lula fica cara a cara com Moro para depoimento na Lava-Jato

Depoimento na ação penal que envolve o tríplex no Guarujá ocorrerá no dia 3 de maio em Curitiba

Autointitulado “a viva alma mais honesta”, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ficará frente a frente com o juiz Sergio Moro no dia 3 de maio, data definida pela justiça para que o petista preste depoimento no processo em que é acusado de ocultar ser o real proprietário de um tríplex no Guarujá, litoral de São Paulo.

No início de 2016, a Polícia Federal deflagrou a 22ª fase da Lava Jato, batizada de Triplo X, e que investigava a atuação casada entre a offshore Murray, criada pela empresa Mossack Fonseca no Panamá, e a empreiteira OAS. As suspeitas são de que imóveis no condomínio Solaris, onde fica o tríplex atribuído a Lula, tenham sido utilizados para camuflar o pagamento de propina do escândalo do petrolão. Reportagem de VEJA de 2015 já havia revelado que, depois de um pedido feito por Lula ao então presidente da OAS, Léo Pinheiro, a empreiteira assumiu a construção de prédios da cooperativa. O favor garantiu a conclusão das obras nos apartamentos do ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto, enquanto outros cooperativados ainda aguardam – e brigam na justiça – para conseguir receber seus imóveis.

Lula é réu na Operação Lava-Jato e seu depoimento a Moro está agendado para as 14 horas do dia 3 de maio. Segundo as investigadores da Lava Jato, o ex-presidente recebeu, apenas no caso relacionado ao tríplex, benesses de 3,7 milhões de reais “oriundas do caixa geral de propinas da OAS com o PT”. Como ele é alvo de outras apurações no petrolão, incluindo os nebulosos pagamentos por palestras, por meio da L.I.L.S. Palestras, Eventos e Participações, as vantagens indevidas devem ser confirmadas em escala exponencial. Dos cerca de 55 milhões de reais que o Instituto Lula e a L.I.L.S. receberam de empresas, mais de 30 milhões de reais foram repassados diretamente por empreiteiras enroladas com o escândalo na Petrobras.

Em novembro do ano passado, o petista prestou depoimento ao magistrado como testemunha de defesa no processo que envolve o ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha (PMDB-RJ), mas na ocasião a oitiva ocorreu por meio de teleconferência. Na ação a que o ex-presidente responde também serão ouvidos, entre outros, os empreiteiros Léo Pinheiro, ex-presidente da OAS, e Paulo Gordilho, além do presidente do Instituto Lula, Paulo Okamotto.

A oitiva de Pinheiro, por exemplo, ocorrerá no dia 20 de abril, às 14 horas. O executivo já se comprometeu em audiência anterior a contar toda a verdade ao juiz Sergio Moro. Em setembro do ano passado, ao depor no processo que condenou o ex-senador Gim Argelo, o empresário reforçou a disposição de colaborar com a Justiça: “Eu queria agradecer ao senhor e ao Ministério Público a oportunidade para eu esclarecer, para falar a verdade, mesmo que esses fatos me incriminem. Eu cometi crimes e para o bem da Justiça do nosso País, para o bem da sociedade, estou aqui para falar a verdade, para falar tudo que eu sei”, disse.

Em um acordo de delação premiada que acabou sendo arquivado pelo procurador geral da República, Rodrigo Janot, no ano passado, Léo Pinheiro contou em detalhes que o tríplex no Guarujá pertencia a Lula. O empreiteiro afirmou que ficou acertado com o então tesoureiro do PT, João Vaccari Neto, que o apartamento de Lula seria “abatido dos créditos que o PT tinha a receber por conta de propinas em obras da OAS na Petrobras”. O ex-presidente da OAS relatou que, ao perguntar a Vaccari se Lula tinha conhecimento da negociata, o tesoureiro respondeu afirmativamente. Ele contou ainda que a reforma do tríplex não seria cobrada de Lula. Janot arquivou a delação de Léo Pinheiro porque trechos do acordo foram revelados por VEJA.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Francisco Martins

    Elle já está tremendo com antecedência!!!
    Está dillsisperado, como os PTbas que andaram “comentando” por aqui!!!
    Está acabando a verba dillsviada e agora vão ter que trabalhar!!!
    Oh, vida, oh, dor!!!

    Curtir

  2. gama oliveira

    Lula vai comer coxinha e voltar com tudo. Fora os três poderes podres do país. Volta e bota pra quebrar nos nazistas brasileiros. Lula lá a estrela vai brilhar de novo

    Curtir

  3. Clara Eñelee Kornetz Alves

    Só em maio? Tá longe à bessa!

    Curtir

  4. Dia 3 de maio a cobra vai fumar e a alma mais podre do Brasil sera desmascarada!

    Curtir

  5. Vai se borrar todo.

    Curtir

  6. Amaury Feitosa

    o bostejar impune do larápio-mor do patropi humilha a nação em desespero e desemprego … até quando isto doutor Moro?

    Curtir

  7. Mas o senhor montou um negócio é tanto, Sr. Exxx-presidente presidente.

    Curtir

  8. Lula, agora você não vai fugir, né? Ele é o triplex do Brasil!

    Curtir

  9. Gilberto Luiz Fiorini

    Maria Cecilia, poste aqui a tua bandeira do PT

    Curtir