Clique e assine a partir de 8,90/mês

Lula e Eduardo Paes são multados em 10 000 reais por propaganda antecipada

Eles foram acusados pelo PSDB de promoverem a candidatura de Paes antes do prazo legal

Por Da Redação - 15 jul 2012, 17h22

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o prefeito do Rio, Eduardo Paes (PMDB), foram condenados pela Justiça Eleitoral neste sábado por propaganda eleitoral antecipada. Acusados pelo PSDB de promoverem a candidatura de Paes à reeleição antes do prazo legal, os dois foram multados em 5 mil reais cada.

A representação apresentada pelo partido foi motivada por declarações dadas durante a inauguração de um trecho do sistema de ônibus expresso BRT Transoeste no dia 6 de junho. Na ocasião, Lula disse que iria apoiar Paes com mais convicção agora do que em 2008 e chegou a pedir votos para o prefeito.

Leia também:

Justiça multa Lula e Haddad por propaganda antecipada

Procurada, a assessoria de imprensa da candidatura de Paes não respondeu às perguntas enviadas pelo jornal Estado de S. Paulo. A representação foi apresentada pelo PSDB a pedido do deputado federal Otavio Leite, candidato à prefeito do Rio pelo partido. Ele comemorou a decisão, mas considerou a multa “irrisória”.

Reinaldo Azevedo: Justiça Eleitoral multa Lula, Haddad, Ratinho e o SBT por propaganda eleitoral antecipada; multa é pequena; é um caso em que o crime compensa

(Com Agência Estado)

Continua após a publicidade
Publicidade