Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Lula deve ir a ato na Paulista contra a sua condenação por Moro

Ex-presidente deve ser principal estrela de dia de manifestações pelo país, que devem atingir 19 estados, segundo organizadores; Dilma também irá participar

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) deve ser a principal estrela de manifestação na Avenida Paulista, em São Paulo, no final da tarde de quinta-feira, dia 20, que terá como tema central o protesto contra sua condenação à prisão pelo juiz Sergio Moro por corrupção passiva e lavagem de dinheiro em processo da Operação Lava Jato.

A presença dele no evento foi anunciada por uma das organizadoras do protesto, a Frente Brasil Popular, congregação de movimentos sociais, centrais sindicais e partidos e grupos de esquerda. A ex-presidente Dilma Rousseff (PT) e a presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann, também deverão ir à manifestação, prevista para as 17h, em frente ao Museu de Arte de São Paulo (Masp), tradicional palco de protestos na capital paulista.

A última vez que Lula discursou em ato público também foi em episódio envolvendo Moro: em Curitiba no dia 10 de maio, logo após ele prestar depoimento como réu ao juiz no mesmo processo envolvendo o tríplex do Guarujá no qual foi condenado. Antes, havia discursado na mesma Paulista no dia 15 de março em ato contras reformas propostas pelo presidente Michel Temer (PMDB).

Segundo a Frente Brasil Popular, nesta quinta-feira haverá atos em outros 19 estados, quase todos entre o final da tarde e o início da noite. Os principais deverão ocorrer na Cinelândia (Rio), Praça dos Três Poderes (Brasília), Praça Afonso Arinos (Belo Horizonte) e Esquina Democrática (Porto Alegre).

A manifestação está sendo convocada pelas redes sociais com o uso das hashtags #LulaEuConfio e #EleiçãoSemLulaÉFraude. Apesar de o desagravo ao petista ser o principal mote para os protestos, também estarão em destaque na pauta o “Fora Temer” e a oposição às reformas propostas por ele, como a da Previdência.

O presidente da Central Única dos Trabalhadores (CUT), Vagner Freitas, disse ao site da entidade, que “não se trata de defender apenas a figura ou o legado do ex-presidente, mas também o funcionamento democrático e igualitário da Justiça brasileira e os direitos sociais, previdenciário e trabalhista. “”Para a casa grande, Lula representa o perigo de um governo popular e trabalhista voltar ao poder e restabelecer a democracia, a igualdade, a distribuição de renda, a justiça e a inclusão social”, afirmou.

Também ao site da CUT, Guilherme Boulos, líder do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) disse que a sentença é um ataque à democracia e “parte da tentativa de tirar no tapetão o Lula da disputa política”. “É mais um golpe à já combalida democracia brasileira, porque quando a Justiça toma partido, condena sem provas, age pela presunção da culpa e um juiz se torna acusador, há algo sério acontecendo”, disse.

Gilmar Mauro, dirigente do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), foi na mesma linha. “A luta é contra o estado de exceção que se espalha por todo o país e criminaliza o Lula, mas não apenas: mira o povo brasileiro e conquistas históricas arrancadas com muita luta”, afirmou.

Pela prisão de Lula

Já o movimento Vem Pra Rua, um dos que foram às ruas pelo impeachment de Dilma, está convocando um ato para o dia 27 de agosto para pedir, entre outras coisas, a prisão de Lula. Chamado oficialmente de Marcha Contra a Impunidade e Pela Renovação, a manifestação, prevista para todo o país, exige “o andamento célere das condenações e a prisão dos diversos bandidos que tomaram de assalto o nosso país”.

“Os criminosos têm que perder os mandatos, os privilégios, serem condenados e presos. Temos que barrar suas manobras para se perpetuarem no poder, perpetuar a impunidade e impedir a renovação que queremos”, diz a convocação na página oficial do grupo no Facebook.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Peraí, peraí, peraí!!!!! Ato contra a sentença judicial!!?!! Que baderna é esta??!?? Quer dizer que agora se pode fazer manifestação pública contra decisões judiciais??!!!! Então traficantes do Brasil varoníl!!!! Uní-vos e por favor vamos as manifestações públicas no átrio do MASP contra as decisões judiciais que prenderam seus companheiros!!!! Se eles podem, vocês também, todos temos os mesmos direitos perante a Lei, acho.

    Curtir

  2. Se nosso judiciário fosse confiável isso não aconteceria. Note q em qualquer midia vc sempre lê,vê ou ouve apenas um lado. Sempre. E por ai vai. Q moro persegue Lula é mais óbvio q a luz do sol…

    Curtir

  3. è o PT se igualando ao PCC ou Comando Vermelho. Só organizações criminosas organizam atos de represálias à Justiça ou à Polícia

    Curtir

  4. Por que não queimam ônibus também?. Igual ao PCC e Comando Vermelho. Represália à polícia e à justiça.

    Curtir

  5. ÔÔ Célio, você está insinuando que lulamolusco não fêz o que todo mundo, inclusive você, sabe que ele fêz? Digo insinuando porque você sequer teve a coragem de defender o demiurgo de modo claro e explícito… Então se você não tem “quibas” para defender o estafebo não venha nos incomodar com suas lamúrias, ou você é macho e assume que defende bandidos abertamente ou cala a boca e nos economisa…

    Curtir

  6. Tadeu Passarelli

    A ESTUERDALHA MAFIOSA NÃO DESISTE NUNCA, OS VERMELHOS DE RAIVA nojentos mentirosos, PORQUE É que o cramulhão ordinário AINDA NÃO FOI PRESO???? País de b@sta, políticos IMUNDOS. Não tem cadeia pra tanta gente ordinaria!!!! arre!!!!

    Curtir

  7. Leticia Martelle Maynard Rio

    ATO CONTRA A DEMOCRACIA….
    Esse sindicalista maléfico e ladrão não quer aceitar democraticamente sua condenação por se achar blindado.
    Esse ato os quais os participantes são pagos, nada mais é que um ato antidemocrático.
    Bando de vagabundos em defesa de um criminoso condenado….

    Curtir

  8. Vejo a mais profunda coerência nesta manifestação.
    Afinal, os membros e simpatizantes da maior quadrilha do mundo não podem ficar privados da presença do chefe.

    Curtir

  9. Esse ladrão precisa ir para cadeia ou cemitério logo! Ainda vai na Paulista atrapalhar a vida das pessoas que não suportam esse ladrão.

    Curtir