Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Lula aposta na economia para superar as dificuldades na política

Presidente avalia que a melhora dos indicadores econômicos levará parlamentares de centro a se aproximarem do governo

Por Daniel Pereira
Atualizado em 26 jun 2023, 12h13 - Publicado em 26 jun 2023, 08h44

É notória a dificuldade do governo para montar uma base parlamentar, sobretudo na Câmara, onde o presidente Lula conta com o apoio de apenas de 140 dos 513 deputados. Desde o início do terceiro mandato do petista, cada votação de projeto requer uma custosa negociação com partidos de centro, que cobram a liberação de emendas e a distribuição de cargos em troca de votos favoráveis à aprovação de propostas de interesse do Planalto.

Segundo um articulador político de Lula, dificilmente a lógica da negociação caso a caso mudará, já que as legendas de esquerda têm bancadas minoritárias na Casa. O que pode mudar, ele diz, é o preço dos acordos fechados para viabilizar as votações. O presidente e seus aliados avaliam que, se os indicadores econômicos continuarem a melhorar, como está ocorrendo, a aprovação ao governo aumentará e forçará deputados e senadores que hoje posam de independentes a se aproximarem do petista, exatamente como ocorreu em gestões anteriores.

Há otimismo no Palácio do Planalto sobre isso. Pesquisa Genial/Quaest divulgada na última quarta-feira, 21, mostrou que a aprovação ao governo chegou a 56%, ante 51% em abril, influenciada pela melhora das expectativas do eleitorado com os rumos da economia. Nas últimas semanas, a estimativa de inflação para 2023 foi revisada para baixo — e a de crescimento, para cima.  O sucesso do governo — e até da articulação política — passa pela economia.

 

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.