Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Luciano Huck: ‘Contem comigo. Mas não como candidato’

Apresentador da TV Globo, cotado para disputar o Planalto, publicou artigo em que anunciou que está fora do páreo pela sucessão de Michel Temer

Por Da Redação Atualizado em 23 abr 2018, 19h20 - Publicado em 27 nov 2017, 08h18

O apresentador Luciano Huck não será candidato à Presidência da República em 2018. O comandante do Caldeirão do Huck, da TV Globo, anunciou sua decisão em artigo publicado na edição desta segunda-feira do jornal Folha de S.Paulo, com o título “No rumo”.

“Quem se interessa pelo que sou e faço pode acreditar: vou atuar cada vez mais, sempre de acordo com minhas crenças, em especial com a fé enorme que tenho neste país. Contem comigo. Mas não como candidato a presidente”, escreveu o apresentador. Na semana passada, ele apareceu em pesquisa do instituto Ipsos como aquele com a conduta pública mais bem aprovada entre 23 nomes do país, com 60% de apoio popular ao seu trabalho.

Luciano Huck comparou o seu período de reflexão sobre a entrada ou não na política com o episódio do canto das sereias de A Odisseia, de Homero, em que o herói Ulisses é cortejado a desistir de voltar ao seu reino e a sua esposa, Penélope. Ele agradeceu a “tripulação”, que, “com seus ouvidos devidamente tapados com cera”, o impediu de cair em tentação: “Meus pais, minha mulher, meus familiares e amigos próximos que me querem bem”.

Apesar de estar fora da corrida presidencial, Huck, a todo momento, faz questão de deixar claro que pretende ser mais participativo na vida pública brasileira. “Com a mesma certeza de que neste momento não vou pleitear espaço nesta eleição para a Presidência da República, quero registrar que vou continuar, modesta e firmemente, tentando contribuir de maneira ativa para melhorar o país. Vou bem além da voz amplificada enormemente pela televisão que amo fazer, do eco monumental das redes sociais que aprendi a tecer, do instituto que fundei há quase 15 anos e de todos os meios que o carinho das pessoas me proporcionou”, escreveu.

O apresentador da TV Globo, emissora que havia dado até dezembro para que ele decidisse seu futuro político, recentemente se filiou ao movimento Agora!, que pretende formar e apoiar candidatos para o Poder Legislativo, a fim de renovar o Congresso Nacional. A aproximação do Agora! com a possibilidade de Luciano Huck ser candidato a presidente fez com que um dos membros mais antigos, o produtor cultural Alê Youssef, rompesse com o grupo apontando mudança do foco inicial.

Luciano Huck será entrevistado pelo diretor de redação de VEJA, André Petry, a partir das 16h, no evento Amarelas ao Vivo. Com ingressos esgotados para o público, a entrevista será transmitida ao vivo pela internet para assinantes. Antes, serão entrevistados Luis Roberto Barroso, Sergio Moro, João Doria, Jair Bolsonaro, Geraldo Alckmin, Marina Silva, Rodrigo Maia, Jô Soares e Henrique Meirelles.

Continua após a publicidade

Publicidade