Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Leo Pinheiro confere pagamento: ‘Continua tomando Gim’?

É rotina entre os investigadores a descoberta de codinomes e códigos para a comunicação de encrencados na Operação Lava Jato. Na fase Vitória de Pirro, deflagrada nesta terça-feira, o ex-senador Gim Argello (PTB-DF), preso preventivamente por ordem do juiz Sergio Moro, é tratado como “Alcoólico” pelo dono da OAS, Leo Pinheiro, em claro trocadilho com o apelido utilizado como nome político pelo ex-parlamentar. Mas nas conversas entre Pinheiro o diretor Administrativo e o diretor de Relações Institucionais da empreiteira, Gim Argello é disfarçadamente tratado também como o clássico destilado de cereais e zimbro. Em 14 de maio de 2014, em uma mensagem registrada às 14h56, depois de Leo Pinheiro ter ordenado o repasse de parte da propina a Argello para uma conta corrente da Paróquia São Pedro, em Taguatinga (DF), o empreiteiro checa o andamento do processo e questiona os subordinados: “Ainda continua tomando gim?”. Em resposta, a confirmação de que a mensagem havia sido captada: “Tomei naquele dia. E gosto”. (Laryssa Borges, de Brasília)