Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Justiça nega a Dirceu acesso à delação de Pascowitch

Por Da Redação 6 jul 2015, 15h06

O juiz federal Sergio Moro negou ao ex-ministro da Casa Civil José Dirceu acesso à delação premiada do lobista Milton Pascowitch. Para o magistrado, a investigação ainda deve ser mantida sob sigilo para garantir a eficácia das investigações desencadeadas a partir dos depoimentos do delator. O executivo, dono da Jamp Engenharia, disse ao Ministério Público em seus relatos de colaboração com a Justiça que pagava propina após “pedidos insistentes” de Dirceu. A relação do empresário com o petista resultou, por exemplo, no pagamento de 400.000 reais dos 1,6 milhão de reais utilizados na aquisição do imóvel que sediava a JD Consultoria, no repasse de 1,457 milhão de reais para a empresa de Dirceu, na compra de um um imóvel em nome de Camila, filha do político, e em doações eleitorais para a campanha eleitoral do deputado federal Zeca Dirceu, também filho do ex-ministro. (Laryssa Borges, de Brasília)

Publicidade