Clique e assine a partir de 8,90/mês

Justiça começa a escrever o capítulo final do mensalão

Julgamento do maior escândalo de corrupção do país, que começa nesta quinta-feira, pode se transformar em marco contra a impunidade a políticos

Por Gabriel Castro e Laryssa Borges - 2 ago 2012, 07h10

Sete anos depois da descoberta da mais bem organizada quadrilha agindo na estrutura de um governo no Brasil, o Supremo Tribunal Federal (STF) começará nesta quinta-feira o julgamento do mensalão, o caso criminal mais importante da história do tribunal desde a redemocratização do país.

Ao julgar os 38 réus que integravam a quadrilha com tentáculos no Palácio do Planalto e no Congresso Nacional, os 11 ministros da mais alta Corte do país poderão também estabelecer um marco na trajetória do Judiciário brasileiro, rompendo a tradição de não condenar políticos.

O escândalo que ficou eternizado no vocabulário do país como mensalão foi investigado pela Polícia Federal, pelo Ministério Público e por duas CPIs (Comissão Parlamentar de Inquérito) no Congresso.

Leia também:

E

ntenda o escândalo, as evidências contra cada réu e o que dizem em sua defesa

Continua após a publicidade

VEJA publicou o conteúdo de uma fita em que Maurício Marinho

implodiram o chamado núcleo duro do PT

O principal deles foi José Dirceu, apeado do posto após um tiro certeiro do petebista

Pela primeira vez, políticos da oposição e até aliados do PT debateram a possibilidade de Lula não terminar o mandato

aceitou a denúncia da Procuradoria-Geral da República contra 40 integrantes da quadrilha

https:</p>
<p>Acompanhe o primeiro dia do julgamento mais importante da história do STF</p>
<p>http://storify.com/vejanoticias/julgamento-do-mensal-o/embed?border=true

Continua após a publicidade
Publicidade