Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Justiça adia depoimento de Vaccari no caso Bancoop

A Justiça suspendeu o depoimento do ex-tesoureiro nacional do PT João Vaccari Neto no caso Bancoop (Cooperativa Habitacional dos Bancários de São Paulo). Preso na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba (PR) por causa da Operação Lava Jato, Vaccari deveria ser interrogado por videoconferência nesta quinta-feira, em audiência da 5ª Vara Criminal de São Paulo. O depoimento de Vaccari foi adiado para o dia 4 de novembro. A Justiça solicitou que o Ministério Público complemente laudos de movimentação bancária usados como prova pericial na acusação. O promotor de Justiça José Carlos Blat disse que a decisão foi conveniente para evitar que os advogados de Vaccari aleguem cerceamento de defesa e tentem anular o processo. Segundo Blat, toda a prova do processo já foi produzida e “não afetará em nada a denúncia”. Vaccari e mais cinco dirigentes da Bancoop são réus por lavagem de dinheiro, estelionato, formação de quadrilha e falsidade ideológica. O Ministério Público diz que houve desvio de dinheiro da cooperativa para abastecer caixa dois de campanhas eleitorais do PT. (Felipe Frazão, de São Paulo)