Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Jefferson: “Palocci não tem que temer se ele não deve”

Presidente do PTB é contra criação de CPI para investigar salto patrimonial de ministro; posicionamento vai de encontro ao que desejam os tucanos

Por Carolina Freitas
28 Maio 2011, 11h59

O presidente do PTB, Roberto Jefferson, roubou a cena na etapa inicial da convenção para a escolha da executiva nacional do PSDB, neste sábado, em Brasília. Com o atraso de alguns cardeias tucanos, acabou cercado por militantes e chamou a atenção. Aos jornalistas, afirmou que o ministro da Casa Civil, Antonio Palocci, já deveria ter apresentado a lista de empresas para as quais prestou consultoria para justificar seu salto patrimonial. “Ele deve explicações à opinião pública”, disse. Para ele, no entanto, não é o caso de instalar uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) no Senado para investigar o caso. “Palocci não tem que temer se ele não deve”.

O posicionamento vai de encontro ao que pretende o PSDB. Tucanos têm tentado unir esforços com o PMDB para emplacar uma CPI. Parece que terão trabalho com o PTB. Jefferson argumenta que isso paralisaria o Congresso. “Deixa a Procuradoria-Geral da República investigar. Se, ao fim do processo, houver algum indício de irregularidade, aí sim estudaremos a possiblidade de criar uma CPI”, disse o presidente do PTB.

Estratégia – Jefferson disse que apareceu apenas para dar um abraço fraterno no senador Sérgio Guerra, que será reconduzido à presidência do partido. Mas sabe-se que a visitinha faz parte de uma estratégia de aproximação com o grupo de Guerra e demonstra o distanciamento em relação ao grupo de José Serra. No segundo turno das eleições presidenciais, o chefe do PTB liberou o partido para votar como quisesse.

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.