Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Janot pede prisão de Joesley, Saud e ex-procurador Miller

Pedido do procurador-geral da República ainda precisa ser analisado pelo relator da Lava Jato no Supremo, ministro Edson Fachin

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, enviou ao Supremo Tribunal Federal (STF) pedido para prender o empresário e dono do grupo J&F, Joesley Batista. A solicitação do procurador-geral ainda precisa ser analisada pelo ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato na Corte. Janot também pediu a prisão do diretor de relações institucionais da JBS, Ricardo Saud, e do ex-procurador da República Marcello Miller.

Em áudio entregue pela própria defesa da JBS, Saud e Joesley conversam sobre a suposta interferência de Miller para ajudar nas tratativas de delação premiada, cujo principal trunfo é a gravação de uma conversa entre o empresário e o presidente Michel Temer (PMDB). O ex-procurador ainda fazia parte do Ministério Público Federal quando começou a conversar com os executivos, no final de fevereiro. Ele foi exonerado da instituição apenas em abril.

Na segunda-feira, Janot abriu um procedimento de revisão do acordo de delação dos empresários. Além das prisões preventivas, ele vai pedir a revogação do benefício de imunidade penal concedido aos delatores.

As prisões já vinham sendo analisadas por Janot nos últimos dias. Na quinta-feira, os executivos prestaram esclarecimentos à PGR, mas não convenceram. A avaliação na instituição é de que o discurso era somente para manter a validade do acordo, mas os fatos narrados foram graves.

No caso de Miller, que depôs à PGR nesta sexta-feira, há auxiliares de Janot que avaliam que ele atuou junto à JBS com uso de informações privilegiadas que possui por ter integrado a equipe do procurador-geral da República e pode ter incorrido no crime de obstrução de justiça e exploração de prestígio.

(com Estadão Conteúdo)

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Antônio de Oliveira Marques

    Reação digna.
    A nação não esperava outra postura.

    Curtir

  2. Francisco Nogueira

    Nada melhor que uma pressão para desentupir cano de fossa.

    Curtir

  3. Paulo Sanches

    Era o mínimo que o Povo Brasileiro Honesto esperava….mas o Janot também merece ser Investigado.

    Curtir

  4. Claudio Stainer

    O Janot deveria decretar a própria e se apresentar aos costumes.

    Curtir

  5. Julio Cesar Paes

    num sei quem pede prisão do joesley e saud … ué mas não prendeu ainda ?!

    Curtir

  6. Eugênio Stachiu

    Tenho muto respeito por suas razoáveis decisões, senhor Fachin..!
    Mas agora: VAI JOGAR COM O POVO AVILTADO BRASILEIRO CONTRA O CRIME??? OU VAI ALINHAR-SE AOS BANDIDOS CONFORME SEU COLEGA GILMAR MENDES, HEM???

    Curtir

  7. E agora, Fachin… vai mandar prender aquele que o acompanhou em sua ”campanha” no Senado, pelo posto no STF? Afinal ele era seu ”patrocinador”…

    Curtir

  8. José Antonio Debon

    Agora os caras contam para o Fachin como o Janot armou a planejada delação dos Batistas para derrubar o Temer e em troca eles não serão presos.

    Curtir

  9. Já já o Gilmar sapo decrepto mendes manda soltar, afinal impunidade é o que este verme promove diariamente.

    Curtir

  10. Paulo Vielmo

    Janot ainda vai sair da PGR condecorado pelo que fez nestes últimos dias. Não sobrou prá ninguém: teve para as quadrilhas do PP; do PT de Lulladrão e Dilmandioca; do PMDB do senado e por último dos free bois. Ainda falta denunciar a quadrilha do PMDB da câmara; a do PSDB e como coroamento acertar a última flechada no trazeiro do Mordomo Macabro e selar definitivamente sua sorte de bandido. A próxima semana promete. Bravo, Janot, se for por falta de bambú, já estou indo buscar. Dê-lhe flechas!!!

    Curtir