Clique e assine a partir de 9,90/mês

Janaina Paschoal critica postura de Bolsonaro e diz: ‘Deixem 64 em 64!’

A deputada estadual afirmou que é 'hora de virar a página' e comparou o presidente com Dilma Rousseff, que também 'ficou parada em 64'

Por Giovanna Romano - 27 mar 2019, 16h31

A deputada estadual Janaina Paschoal (PSL-SP) criticou a posição do presidente Jair Bolsonaro (PSL) de continuar defendendo a ditadura militar, que teve início no ano de 1964, e disse que é “hora de virar a página” com relação às discussões sobre o período. “Deixem 64 em 64! Temos 2019 e diante para cuidar”, afirmou ela, em suas contas oficias do Twitter e do Facebook.

Janaina comparou Bolsonaro com a ex-presidente Dilma Rousseff (PT) que, segundo ela, também “ficou parada em 64”. “Agora, ao que parece, Bolsonaro também não consegue sair de 64 e as coisas não caminham bem”. A deputada ainda afirmou que uma “mudança de mentalidade” é necessária para o presidente e pediu que ele abandone a postura de “deputado temático” e a substitua pela de presidente da República.

“Apoiadores de Bolsonaro, acordem! Vocês estão querendo que o presidente paute suas ações no PT? O PT fez tudo errado, não vamos acertar só invertendo! É preciso dar um passo adiante! Se o governo e seus apoiadores não saírem de 64, não pararem de se pautar pelo que fez, falou e fala o pessoal do PT, o país estará fadado ao fracasso! Todos perderemos!”, criticou Janaina.

A deputada analisou a aprovação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) do Orçamento ocorrida na Câmara na noite desta terça-feira, 26, como uma derrota “perigosíssima” de Bolsonaro. A PEC obriga o governo a executar todo o orçamento de investimento e emendas de bancadas estaduais. A medida, também, torna o orçamento impositivo para as emendas de bancadas estaduais até 1% da receita corrente líquida.

Continua após a publicidade

Para Janaina, o governo Bolsonaro vai precisar “mudar a mentalidade”, ressalvando que isso não inclui um abandono de convicções. “Meu compromisso é com o Brasil. Pelo Brasil, eu quero que o Presidente seja bem sucedido”, afirmou.

No fim da sequência de postagens, Janaina criticou a posição do deputado federal Delegado Waldir (PSL) de liderança do partido na Câmara. Ele foi favorável à aprovação da PEC do Orçamento na última terça-feira. “Alguns deputados querem tirar o Deputado Waldir da liderança. Por favor, demorou! Ele orientou a bancada a votar a favor da PEC que transforma o Presidente na rainha da Inglaterra! Não dá!”, encerrou a deputada estadual.

Publicidade