Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Investigada na Lava Jato, Gleisi é eleita presidente da CAE

Por Da Redação 8 mar 2016, 13h55

Investigada na Operação Lava Jato por indícios de que dinheiro do escândalo do petrolão abasteceu sua campanha, a senadora petista Gleisi Hoffmann (PT-PR) foi eleita nesta terça-feira, por aclamação, presidente da Comissão de Assuntos Econômicos (CAE), a mais importante do Senado. Ela substituirá o também investigado Delcídio do Amaral (suspenso do PT-MS), que deixou a presidência do colegiado em meio a suspeitas de que atuou para atrapalhar as investigações da Lava Jato. Depois de preso, em novembro, Delcídio se tornou delator do petrolão e, entre outros pontos, que a presidente Dilma Rousseff sabia de cada detalhe da desastrada compra da refinaria de Pasadena, no Texas, e tentou colocar em liberdade, por meio de negociações com o ministro Navarro Dantas, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), empreiteiros presos pelo juiz Sergio Moro. (Laryssa Borges, de Brasília)

Publicidade