Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Internado, Cid Gomes cancela depoimento à Câmara

Por Da Redação 11 mar 2015, 11h39

O ministro da Educação, Cid Gomes, cancelou o depoimento que daria à Câmara dos Deputados nesta quarta-feira alegando problemas de saúde. Ofício encaminhado à Casa informa que ele está internado no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo. De acordo com o Ministério da Educação, Cid sofre de uma traqueobronquite aguda. Mais detalhes sobre a situação do ministro serão informados por meio de boletim médico, previsto para ser divulgado ainda no início da tarde. Na última quarta, Cid foi convocado – quando a presença é obrigatória – pelo plenário da Casa para dar explicações sobre uma declaração que provocou irritação entre os deputados: ele afirmou, durante visita à Universidade Federal do Pará, que a Câmara “tem uns 400, 300 deputados achacadores” e que esses parlamentares querem o governo fragilizado para poderem “tirar mais”. O presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), chamou o ministro de “mal educado” e articulou a convocação dele para esclarecer a afirmativa. Ainda não há uma nova data para a audiência. (Marcela Mattos, de Brasília)

Publicidade