Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Haddad transferirá aprovação de obras para Secretaria de Controle Urbano

O Departamento de Aprovação de Edificações foi centro de escândalo durante a gestão Gilberto Kassab

Por Da Redação 30 nov 2012, 14h59

O prefeito eleito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), informou nesta sexta-feira que irá transferir o Departamento de Aprovação de Edificações (Aprov) da Secretaria de Habitação para a Secretaria Especial de Controle Urbano com o objetivo de “centralizar e ter mais controle” sobre o processo de liberação de grandes empreendimentos imobiliários na capital. Na atual administração de Gilberto Kassab (PSD), o Aprov foi protagonista de um escândalo de corrupção envolvendo seu então diretor, Hussain Aref Saab.

“É uma área prioritária não só pelo que ocorreu, mas também para garantir eficiência [na aprovação de empreendimentos”, afirmou. “Não se pode mais conviver com prazos longos para aprovar um edifício”, justificou Haddad, que participa do Global Cities Initiative, evento que discute a importância das regiões metropolitanas para os negócios.

Leia também:

Aref subfatura imóveis desde a gestão PT em São Paulo

Segundo Haddad, o convite para o futuro secretário de Controle Urbano já foi feito. Trata-se de um cargo de sua cota pessoal e não será ocupado por um político. “Já fiz o convite, estou esperando a resposta. É um nome técnico”, adiantou.

Indagado sobre se a alteração da estrutura de aprovação de empreendimentos imobiliários tem o objetivo de tentar evitar novos casos de corrupção, Haddad desconversou. “O objetivo é ter mais transparência. Onde você não tem transparência e agilidade, a qualquer momento pode dar algo errado.”

Corrupção – O ex-diretor Hussein Aref Saab é acusado de ter adquirido, enquanto comandava o Aprov, mais de 100 imóveis, avaliados em cerca de 50 milhões de reais. Ele é investigado por corrupção e enriquecimento ilícito pelo Ministério Público, pela Polícia Civil e Corregedoria-Geral do Município.

Continua após a publicidade
Publicidade