Clique e assine a partir de 9,90/mês

Grupo celebra condução coercitiva de Lula na Paulista

Por Da Redação - Atualizado em 10 dez 2018, 09h38 - Publicado em 4 mar 2016, 21h28

Um grupo de manifestantes contrários ao governo e ao Partido dos Trabalhadores reuniu-se na noite desta sexta-feira na Avenida Paulista para comemorar o fato de a 24ª fase da Operação Lava Jato ter sido focada nas investigações contra o ex-presidente Lula, que foi conduzido coercitivamente para depor à Polícia Federal. Pouco mais de cem pessoas se reuniram na Avenida Paulista, em frente ao Masp. O grupo cantava palavras de ordem e levou o boneco Pixuleco para a manifestação. Havia representantes de partidos de oposição, como o Solidariedade. Os manifestantes saudaram a Polícia Federal e o juiz federal Sergio Moro, responsável pela Lava Jato em Curitiba. “Nós precisamos de povo, de todos que quiserem participar. Não é o momento de um movimento querer aparecer mais que os outros”, disse a voz que puxou a execução do hino nacional. O grupo ficou reunido até as 19h40, com autorização da Polícia Militar. O protesto tinha dispersão prevista para as 19 horas. (Patrick Cruz e Luis Lima, de São Paulo)

Publicidade