Clique e assine a partir de 9,90/mês

Governador interino anuncia troca em mais duas secretarias no Rio

Secretaria de Ciência e Tecnologia exonera antibolsonarista do PSL, conforme VEJA antecipou na semana passada

Por Marina Lang - Atualizado em 16 set 2020, 16h13 - Publicado em 16 set 2020, 14h36

O governador em exercício do Estado do Rio, Cláudio Castro, anunciou a troca do comando de duas secretarias estaduais por meio de um comunicado nesta quarta-feira, 16.

Uma delas é na pasta de Ciência e Tecnologia, que será liderada pela professora universitária Maria Isabel de Castro de Souza. Na última sexta-feira, 11, VEJA antecipou que Leonardo Rodrigues, da ala anti-Bolsonaro do PSL, deixaria o cargo, em um gesto de agrado ao senador Flávio Bolsonaro, agora aliado que sustenta o governador interino.

O governo em exercício também confirmou que o engenheiro Uruan Cintra de Andrade assume a Secretaria de Cidades. Além disso, responderá interinamente pela Secretaria de Estado de Trabalho e Renda. Ambas nomeações foram publicadas na edição do Diário Oficial de hoje.

Na última segunda (14), quatro mudanças foram anunciadas. Na Polícia Civil, que estava sob o comando do delegado Flávio Brito, assumiu Allan Turnowski. A mudança na pasta da Polícia Civil também foi antecipada por VEJA na última sexta.

Turnowski fez suas primeiras nomeações na noite de ontem e exonerou o chefe do Departamento Geral de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHGPP), o delegado Antônio Ricardo Nunes, conforme VEJA apurou. Em seu lugar, entra o delegado Roberto Cardoso.

O delegado Daniel Rosa, que chefia as investigações do caso Marielle, ainda não teve o afastamento confirmado. Quem deve assumir a Divisão de Homicídios da Capital é o delegado Moysés Santana, da Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF).

Outras pastas também sofreram alterações pelo governador interino. Na Procuradoria-Geral do Estado, Bruno Dubeux substituiu Reinaldo Silveira. A Controladoria-Geral do Estado, antes liderada por Hormindo Bicudo Neto, será comandada por Francisco Ricardo Soares. O delegado federal Marcelo Bertolucci assume o Gabinete de Segurança Institucional, que até então era chefiado pelo contra-almirante José Luiz Corrêa.

Continua após a publicidade
Publicidade