Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Frente Parlamentar do Senado quer impedir criação de cassinos no Brasil

Grupo instalado hoje tenta barrar projeto que já foi aprovado pela Câmara dos Deputados no início do ano passado

Por Hugo Marques Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
12 abr 2023, 17h32

O Senado instalou hoje a Frente Parlamentar por Um Brasil sem Jogos de Azar. O novo bloco de senadores foi criado para tentar barrar na Casa a aprovação do projeto de lei que legaliza os jogos no Brasil, como bingos, cassinos, jogo do bicho e jogatina na internet. O texto já foi aprovado na Câmara, no início do ano passado, por 246 votos favoráveis e 202 contrários.

Se for aprovado no Senado, os cassinos, por exemplo, poderão ser instalados em resorts como parte de um complexo de lazer, estrutura que teria ainda de contar com pelo menos 100 quartos de alto padrão, além de locais para eventos, reuniões, restaurantes, bares e centros de compra.

Os defensores da criação de bingos e cassinos apostam no aumento do número de empregos e da arrecadação tributária e na retomada do turismo, mas os senadores que são contrários à criação de bingos e cassinos alegam que a iniciativa resultará em crescimento do número de pessoas viciadas em jogos de azar e na criação de esquemas de lavagem de dinheiro.

O senador Eduardo Girão (Novo-CE), autor da ideia de se criar uma frente contrária aos jogos, diz que bingos e cassinos só irão trazer ônus para a sociedade. “A legalização dos jogos de azar resultará em custos para a sociedade muito superiores a qualquer benefício”, diz Girão.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.