Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Flávio Rocha, da Riachuelo, se filia ao PRB para disputar Presidência

Filiação foi anunciada nesta terça-feira em Brasília

O empresário Flávio Rocha, dono da rede Riachuelo, filiou-se na manhã desta terça-feira ao Partido Republicado Brasileiro (PRB). Seu objetivo é concorrer à Presidência da República nas eleições deste ano pela sigla.

A filiação foi anunciada em Brasília, na presença do presidente nacional do PRB, Marcos Pereira, deputados federais e dos senadores Pedro Chaves (MS) e Eduardo Lopes (RJ). Pereira é ex-ministro da Indústria e bispo licenciado da Igreja Universal.

Flávio Rocha já foi deputado federal por dois mandatos seguidos pelo Rio Grande do Norte (1986 e 1990). Ele é autor do projeto de lei que cria o imposto único.

No lançamento de sua candidatura, Flávio Rocha se descreveu como liberal na economia, reformista e privativista.

Rocha já vinha conversando com o PRB desde o ano passado. No último sábado, ele se reuniu com o líder da legenda na Câmara dos Deputados, Celso Russomano (SP), para fechar os detalhes finais da negociação. O encontro aconteceu na casa do empresário, na capital paulista. Faltava apenas o encontro desta terça-feira para que pudesse bater o martelo.

Nos primeiros encontros com Rocha, o PRB afirmou que o foco da sigla para as eleições deste ano não era eleger presidente da República e, sim, uma grande bancada no Congresso Nacional. Mas não fechou as portas para a candidatura ao Planalto. Disse que, se o empresário se viabilizar nas pesquisas de intenção de voto, o partido pode vir a bancar a candidatura dele.

Embora o empresário negue interesse em ser candidato a vice, integrantes da cúpula do PRB dizem que, se ele não se viabilizar nas pesquisas, o partido o oferecerá como candidato a vice-presidente na chapa de algum candidato do campo conservador, entre eles, o senador Álvaro Dias (Podemos), o deputado Jair Bolsonaro (PSL) ou até o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM).

Na última sexta-feira, Flávio Rocha já tinha comunicado ao mercado que deixará a diretoria da Guararapes Confecções, grupo que administra a Riachuelo, para concorrer à Presidência nas eleições deste ano. Ele só exercerá suas funções no cargo que ocupa até o término de seu mandato, no fim de abril, informou a empresa em nota.

(Com Estadão Conteúdo)

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. joao pereira de oliveira

    É Flávio Rocha com esse partido de Marco Pereira e outros pilantras que fazem parte dele, Sr. não vai a lugar nenhum .

    Curtir