Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Flávio a favor; Olimpio contra: como votou o Senado no abuso de autoridade

Criticado pela força-tarefa da Lava Jato, projeto que prevê punição a juízes e membros do MP foi aprovado por 48 votos a 24

O plenário do Senado aprovou na noite da quarta-feira 26 o projeto que prevê punição para juízes e integrantes do Ministério Público que cometam abuso de autoridade. O item foi incluído no pacote de medidas contra a corrupção e era criticado por membros da força-tarefa da Lava Jato como o procurador Deltan Dallagnol, que chegou até a publicar um vídeo dizendo que a proposta é um “retrocesso” no combate aos crimes de colarinho branco.

O texto passou com o placar de 48 votos a 24 e será agora analisado pela Câmara.

O PSL, partido do presidente Jair Bolsonaro, que tem entre seus ministros o ex-juiz da Lava Jato Sergio Moro, liberou sua bancada na sessão. O senador Major Olimpio (SP) votou contra a medida; Flávio Bolsonaro (RJ), um dos filhos do mandatário, foi a favor.

Confira abaixo o voto de cada senador no projeto:

Acir Gurgacz (PDT-RO)                        SIM
Alessandro Vieira (Cidadania-SE)        NÃO
Alvaro Dias (Podemos-PR)                  NÃO
Angelo Coronel (PSD-BA)                    SIM
Antonio Anastasia (PSDB-MG)             SIM
Arolde de Oliveira (PSD-RJ)                 NÃO
Carlos Viana (PSD-MG)                        SIM
Chico Rodrigues (DEM-RR)                  SIM
Cid Gomes (PDT-CE)                            SIM
Ciro Nogueira (PP-PI)                           SIM
Confúcio Moura (MDB-RO)                  SIM
Daniella Ribeiro (PP-PB)                       SIM
Eduardo Braga (MDB-AM)                   SIM
Eduardo Girão (Podemos-CE)             NÃO
Eduardo Gomes (MDB-TO)                  SIM
Eliziane Gama (Cidadania-MA)            SIM
Elmano Férrer (Podemos-PI)               NÃO
Esperidião Amin (PP-SC)                     NÃO
Fabiano Contarato (Rede-ES)              NÃO
Fernando Coelho (MDB-PE)                 SIM
Flávio Arns (Rede-PR)                          NÃO
Flávio Bolsonaro (PSL-RJ)                     SIM
Humberto Costa (PT-PE)                      SIM
Irajá (PSD-TO)                                       SIM
Izalci Lucas (PSDB-DF)                          SIM
Jader Barbalho (MDB-PA)                     SIM
Jaques Wagner (PT-BA)                        SIM
Jarbas Vasconcelos (MDB-PE)              SIM
Jayme Campos (DEM-MT)                    SIM
Jean Paul Prates (PT-RN)                      SIM
Jorge Kajuru (PSB-GO)                         NÃO
Jorginho Mello (PL-SC)                        NÃO
José Serra (PSDB-SP)                            SIM
Juíza Selma (PSL-MT)                           NÃO
Kátia Abreu (PDT-TO)                           SIM
Lasier Martins (Podemos-RS)               NÃO
Leila Barros (PSB-DF)                            NÃO
Lucas Barreto (PSD-AP)                        SIM
Luis Carlos Heinze (PP-RS)                   NÃO
Luiz do Carmo (MDB-GO)                    SIM
Major Olimpio (PSL-SP)                       NÃO
Mara Gabrilli (PSDB-SP)                       SIM
Marcelo Castro (MDB-PI)                     SIM
Marcio Bittar (MDB-AC)                       SIM
Marcos do Val (Cidadania-ES)             NÃO
Marcos Rogério (DEM-RO)                  SIM
Mecias de Jesus (PRB-RR)                    SIM
Nelsinho Trad (PSD-MS)                      SIM
Omar Aziz (PSD-AM)                           SIM
Oriovisto Guimarães (Podemos-PR)    NÃO
Otto Alencar (PSD-BA)                         SIM
Paulo Paim (PT-RS)                              SIM
Paulo Rocha (PT-PA)                            SIM
Plínio Valério (PSDB-AM)                    NÃO
Randolfe Rodrigues (Rede-AP)           NÃO
Reguffe (Sem partido-DF)                   NÃO
Renilde Bulhões (PROS-AL)                 SIM
Roberto Rocha (PSDB-MA)                 SIM
Rodrigo Cunha (PSDB-AL)                  NÃO
Rodrigo Pacheco (DEM-MG)              SIM
Rogério Carvalho (PT-SE)                   SIM
Romário (Podemos-RJ)                      SIM
Rose de Freitas (Podemos-ES)           NÃO
Sérgio Petecão (PSD-AC)                   SIM
Simone Tebet (MDB-MS)                   SIM
Soraya Thronicke (PSL-MS)               NÃO
Styvenson Valentim (Podemos-RN)  NÃO
Tasso Jereissati (PSDB-CE)                 SIM
Wellington Fagundes (PL-MT)           SIM
Weverton (PDT-MA)                          SIM
Zenaide Maia (PROS-RN)                  SIM
Zequinha Marinho (PSC-PA)             SIM

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Romário e Flávio Bolsonaro “sim”, bela dupla hein. Falsa mudança com estes.

    Curtir

  2. Romário e Flávio Bolsonaro “sim”, bela dupla hein. Falsa mudança com estes.

    Curtir