Clique e assine com até 92% de desconto

Famosos que apoiam Haddad levam livros para votar no 2º turno

Débora Falabella, Claudia Abreu e Bruno Gagliasso foram alguns dos artistas que aderiram ao movimento "Mais livros, menos armas"

Por Danilo Monteiro Atualizado em 28 out 2018, 18h56 - Publicado em 28 out 2018, 17h48

Celebridades que apoiam Fernando Haddad (PT) no segundo turno das eleições para a Presidência levaram livros para votar neste domingo. O movimento, que recebeu o nome “Mais livros, menos armas”, é baseado em uma declaração do petista durante a campanha – de que quer os brasileiros “com um livro em uma mão e uma carteira de trabalho assinada na outra”.

Haddad disputa o segundo turno contra Jair Bolsonaro (PSL). As últimas pesquisas divulgadas no sábado dão vantagem para o capitão da reserva.

Nas redes sociais, artistas simpáticos ao petista mostraram os livros que levaram às urnas e postaram hashtags apostando em uma virada de Haddad.

  • Bruno Gagliasso, por exemplo, levou o livro da O Ódio que Você Semeia, da escritora americana Angie Thomas para votar no Rio. Em Belo Horizonte, a atriz Débora Falabella, também eleitora do candidato petista, preferiu levar O livro das Semelhanças, da poeta mineira Ana Martins Marques. Além deles, alguns dos principais artistas do país aderiram ao movimento.

    Confira as celebridades que levaram livros para as urnas:

    Continua após a publicidade
    Publicidade