Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Explicações de Dilma para nomeação de Lula são ‘ridículas’, diz NYT

Em editorial, jornal americano também disse que Dilma Rousseff criou outra crise de confiança com a decisão e que "luta por sobrevivência política"

Em um duro editorial publicado nesta sexta-feira, o The New York Times classificou como “ridículas” as explicações de Dilma Rousseff sobre a escolha do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para se ministro-chefe da Casa Civil. Entre outros motivos, a presidente justificou a decisão pelo fato de Lula ser um negociador talentoso para ajudar o Brasil a enfrentar a crise. O jornal americano disse que Dilma “luta por sobrevivência política”, mas que “supreendentemente, parece ter achado que tinha capital político de sobra”, quando fez a escolha.

Para o Times, a presidente criou outra crise de confiança em seu próprio julgamento. O texto ainda reforça que Lula está sendo investigado por enriquecimento ilícito e que pessoas muito próximas a ele, como José Dirceu, estão presas. O texto ainda ressalta que o objetivo da nomeação de Lula foi o de blindá-lo das investigações da Operação Lava Jato. Segundo o jornal, Lula e Dilma querem atrasar, pelo maior prazo possível, um eventual julgamento do ex-presidente ao tentar abrigá-lo no Planalto, como foro privilegiado.

Com o título “A crise política no Brasil se aprofunda”, o editorial também conta que a estratégia de Dilma aumentou a insatisfação popular e levou milhares de pessoas às ruas, no último domingo, para pedir a saída da presidente.

(Da redação)