Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Executivo da Camargo Correa pede desbloqueio de contas para “garantir sustento da família”

Por Da Redação 25 nov 2014, 19h22

Preso durante a operação Lava Jato, da Polícia Federal, o diretor-vice-presidente da construtora Camargo Correa, Eduardo Leite, recorreu nesta terça-feira à Justiça para desbloquear cerca de 460.000 reais que tem em suas contas bancárias. No pedido, Leite afirma que todo o dinheiro depositado nos bancos tem origem lícita, é resultado de seu salário na empreiteira e garantem o “sustento da família”. Na tentativa de convencer o juiz, o executivo chegou a anexar declarações de Imposto de Renda e certidões de casamento e de nascimento das duas filhas. A retenção dos valores havia sido determinada pelo juiz Sergio Moro para garantir caixa caso os suspeitos de desvios e lavagem de dinheiro envolvendo a Petrobras tenham de ressarcir, no futuro, os cofres públicos. (Laryssa Borges, de Brasília)

Publicidade