Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Em centro nordestino no Rio, Aécio apela a Padre Cícero e alfineta Marina

Tucano afirmou que propostas da adversária são 'incoerentes'. E arriscou-se como repentista, entoando versos em memória ao avô Tancredo

O candidato do PSDB à Presidência da República, Aécio Neves, visitou neste domingo o Centro de Tradições Nordestinas Luiz Gonzaga, em São Cristóvão, Zona Norte do Rio de Janeiro, ao lado do cantor Fagner. Além de apelar a Padre Cícero, Aécio arriscou-se como repentista. E não deixou de lado as críticas à adversária Marina Silva, do PSB. O tucano afirmou que as propostas da ex-senadora são “incoerentes”, e que ela “não se preparou” para a disputa.

Leia também:

Aécio: ‘Irregularidades na Petrobras são crime de lesa-pátria’

Pessimildo x Otimildo: por que o governo dá boas razões para temer o pior

Aécio citou a última tentativa do candidato a vice na chapa de Marina, Beto Albuquerque, de tranquilizar o agronegócio como um exemplo dessa contradição. No sábado, Albuquerque discursou a empresários do setor em Campinas. “A candidata não se preparou para essa disputa. Seu programa de governo apresenta um conjunto de incoerências que a todo dia se avolumam. Ontem mesmo o candidato a vice disse que propostas para agronegócio não são para valer”, criticou Aécio.

Leia também:

Marina compara IBGE à Petrobras após erro em pesquisa

A emoção vai ao palanque

Marina busca apoio de empresários do agronegócio ignorados por Dilma

O presidenciável tenta mostrar-se otimista com as chances de chegar ao segundo turno. E para tanto se apoia no crescimento registrado nas recentes pesquisas de intenção de voto. Pesquisas internas do PSDB apontam ainda crescimento de quatro pontos porcentuais de Aécio no Estado de São Paulo.

O tucano foi presenteado com uma imagem em madeira de Padre Cícero, a quem pediu: “A bênção Padre Cícero, me ajuda”. Ao lado de dois músicos que se apresentavam no local, arriscou os versos: “Hoje eu não vim falar, hoje eu vim cantar, digo que não tenho medo, porque sempre sigo a trilha do meu velho avô Tancredo”.

No passeio, Aécio recebeu a comenda de cidadão nordestino do Estado do Rio de Janeiro. O diretor de cultura da Feira de São Cristóvão, Carlos Botelho, pediu ao candidato atenção para a cultura popular. Aécio respondeu que seu programa de governo prevê multiplicar por quatro o orçamento do Ministério da Cultura. Aos jornalistas, Aécio também lembrou que, se eleito, vai dar “ênfase grande” à desburocratização das pequenas e micro empresas e vai ampliar o limite para que empresas façam a declaração do Imposto de Renda pelo lucro presumido.