Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Eleições fazem Renan virar aliado com discurso de oposição

O senador se sentiu "desprestigiado" no governo e pretende iniciar nesta semana uma articulação para que Temer vete o projeto de terceirização

A Operação Lava Jato e a disputa de 2018 empurraram o líder do PMDB no Senado, Renan Calheiros (AL), para o inédito posto de aliado com discurso de oposição. Réu no Supremo Tribunal Federal (STF) acusado por peculato e alvo de outros onze inquéritos, Renan é candidato a um novo mandato e se movimenta cada vez mais para se descolar do governo de Michel Temer, aproximando-se do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

“Com essa história de criminalizar todo mundo, o Lula vai fazer um passeio em 2018”, afirmou o ex-presidente do Senado, em conversa com amigos. Quis dizer com isso que, se o petista não virar “ficha suja” pela Lava Jato, não haverá páreo para ele. “A Lava Jato tem a responsabilidade de mostrar quem é culpado e quem é inocente. Será que teremos de fazer uma nova lei de financiamento e contratar uma cartomante para ver se ela valerá daqui a dez anos?”, provocou o senador.

Além de se sentir “desprestigiado” pelo governo – que, na sua avaliação, faz afagos a seus rivais, como o ministro dos Transportes, Maurício Quintella (PR-AL), e o senador Benedito de Lira (PP-AL) –, Renan tem a impopularidade de Temer como termômetro para seus movimentos políticos. Ele prevê uma eleição difícil em Alagoas, onde o governador Renan Filho também é candidato ao segundo mandato. É nesse cenário que se encaixa sua “rebeldia”.

O líder do PMDB vai iniciar nesta semana uma articulação para que Temer vete o projeto de terceirização, aprovado na quarta-feira pela Câmara. “Se houver sanção presidencial, haverá precarização, jornadas ampliadas, salários reduzidos, mais acidentes de trabalho, menos emprego e menor arrecadação”, escreveu ele no sábado, em sua página no Facebook.

Autor do projeto que endurece a lei do abuso de autoridade, prevendo a punição de procuradores e juízes, Renan atirou, nos últimos dias, na direção do ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, sob o argumento de que há “muita improvisação” no governo. Referia-se à ideia da equipe econômica de aumentar impostos para evitar que o corte de despesas no Orçamento seja muito alto, mas aproveitou a deixa para alvejar novamente a reforma da Previdência.

“Se o que está lá é para negociar, então o governo não pode pôr o PMDB para defender isso”, respondeu ele. “Fazer a reforma que o mercado quer é um erro de estratégia. O PMDB não pode ser coveiro de trabalhador nem de aposentado”, afirmou Renan.

(Com Estadão Conteúdo)

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Miltinho, muitos pensam assim.

    Curtir

  2. alfredo cardoso neto

    AMIGOS COMPATRIOTAS E DEFENSORES DA NOSSA PATRIA QUERIDA, ai esta um verdadeiro CANALHA a serviço proprio de seus fantoches. Será que ainda seremos obrigados a assistir um caos maior para que o STF acorde e a PF acordem tb, quanto a estes extraordinarios sucias do nosso patrimonio social? Será que não veremos o Renan e o LULA presos por todos abusos aos nossos sentimentos? BRASIL ACORDA, MINISTROS, MPF, PF, POR FAVOR O ASSUNTO É EXCLUSIVAMENTE DE SUAS ALÇADAS PARA LIMPAR DE VEZ COM OS CANALHAS QUE ILUDEM O POVO.

    Curtir

  3. Silvia Valle

    Esse Renan é igual folga de bananeira, pra onde o vento sopra ele vai. Sujeito insuportável…

    Curtir

  4. Silvia Valle

    *folha….

    Curtir

  5. Nelson Marchetto

    (Renan é candidato a um novo mandato e se movimenta cada vez mais para se descolar do governo de Michel Temer, aproximando-se do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.) Pois é… os “elementos ruins, costumam atraírem-se , é o caso de renan e lula, juntam-se a fome com a vontade de comer ambos já deveriam estar presos, se a justiça não fosse tão lenta e cheia de dengos com vagabundo!!!

    Curtir

  6. Ronaldo Luis

    Esse cabeça chata é folgado o povo de Alagoas deve está envergonhado de tê um canalha desse representando o seu estado acho que esse canalha não ganha mais eleição nem pra sindico de prédio depois de tudo que esse bandido fez sua carreira política acaba de uma vez por todas espero que o povo tenha o mínimo de vergonha na cara.

    Curtir

  7. O cara quer se desvencilhar do Temer e quem ele escolhe pra parça??? LULA. kkkkkkkkkkkk Obrigado Renan, você nunca me decepcionou no quesito canalhice…

    Curtir

  8. Neri Antonio

    Dentro de sua canalhiçe o bandido Renan até pode ser útil se conseguir que o Temeroso vete a entregação (terceirização). Entregação sim, entrega o único capital do trabalhador, que é a força de trabalho, para o antro explorador (empresários), que também, muitos deles, estão travestidos de políticos. Renan, com certeza, não está pensando no que é bom prá sociedade, está pensando somente, tão somente em si, mas com seu egocentrismo não deixa de prestar, neste caso, uma ajuda vetando esta aberração.

    Curtir