Clique e assine a partir de 8,90/mês

Eleições 2018: o que pensa João Goulart Filho, candidato do PPL

Das reformas à segurança pública, VEJA apresenta propostas dos candidatos que se colocam na disputa pela Presidência da República neste ano

Por Da Redação - Atualizado em 11 set 2018, 18h07 - Publicado em 10 set 2018, 19h58

Privatizações

João Goulart Filho é contra a privatização de empresas estatais, sobretudo as do setor de energia. Também é crítico da participação no SUS de entidades privadas de saúde, as chamadas “organizações sociais”


Programas sociais

É a favor do Bolsa Família. Defende retomar a Reforma Agrária proposta pelo pai, João Goulart, semanas antes do golpe militar de 1964 e conciliá-la com uma “reforma urbana”, programa de desapropriação de imóveis inutilizados para abrigar famílias de sem teto.


Previdência Social

É contra uma reforma. Defende a cobrança de empresas devedoras como estratégia para contornar o déficit.


Reforma Trabalhista

Foi contra a proposta aprovada pelo Congresso Nacional em 2017, que considera retirada de direitos dos trabalhadores.


Segurança Pública

Defende a adoção de políticas sociais de combate às desigualdades sociais em conjunto com a implementação do Sistema Único de Segurança Pública (SUSP) e de comitês de gestão a nível federal, estadual e municipal.


Teto dos gastos públicos

É contra. Propõe revogar a medida.


Política econômica

Pretende ter o investimento público como motor da retomada do desenvolvimento. Propõe taxar grandes fortunas e lucros de acionistas, forçar a redução das taxas de juros e criar mecanismos protecionistas para cobrar produtos vindos do exterior.

 

Continua após a publicidade
Publicidade