Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

‘Fundamental’, diz Renan sobre participação do PSDB no governo

Presidente do Senado afirmou que experiência "periférica" entre PMDB e PT não será repetida com tucanos

O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), afirmou nesta sexta-feira que considera fundamental que o governo do presidente em exercício, Michel Temer, dê mais espaço para o PSDB na definição de diretrizes e na especificação de políticas públicas da gestão.

Após uma série de críticas de tucanos sobre frouxidão fiscal do governo, Temer jantou na quarta-feira com lideranças do PSDB, incluindo o presidente do partido, senador Aécio Neves (MG), para selar o armistício e aumentar a participação da legenda nas decisões – o líder do governo no Senado, Aloysio Nunes Ferreira (PSDB-SP), vai integrar o núcleo político de importantes decisões a serem tomadas.

“(Eu) acho que o PMDB tem muita experiência para não repetir na relação com o PSDB, a relação periférica que teve com o PT no governo anterior”, comparou Renan, em entrevista na saída da visita que fez à presidente afastada, Dilma Rousseff, no Palácio do Jaburu a fim de tratar sobre a participação dela na sessão de julgamento do processo de impeachment.

O presidente do Senado confirmou que participa da reunião convocada por Temer em São Paulo na tarde desta sexta-feira para conversar sobre as medidas do ajuste fiscal em tramitação no Congresso. Sobre a reunião, Renan disse apenas que, mais do que nunca, o Brasil precisa ter uma agenda econômica suprapartidária que, num momento de crise fiscal, tem de ser priorizada.

(com Estadão Conteúdo)

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Roberto Michelson

    ……comparou Renan, em entrevista na saída da visita que fez à presidente afastada, Dilma Rousseff, no Palácio do Jaburu ……..Alguma coisa errada no texto ou eu não entendi. Renan foi visitar Dilma no Palácio do Jaburu,residência oficial do Michel Temer????!!!!

    Curtir

  2. Werner Linhard

    Não nos convence este senador com as suas propostas! A ser assim, consideremos o que ele foi fazer ao ver a Dilma? Se faria necessária tal visita? Para lhe poupar tempo, respondo em seu nome: ele – o Renan – só pode ter ido propor algo espúrio, naturalmente, digno do nosso repúdio.

    Curtir

  3. Elias Estevam

    Renam sabe que quem está com o PSDB está livre da justiça. Por isso a necessidade tão grande.

    Curtir