Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Duque relata à Lava Jato reuniões com Lula para discutir propina

Ex-diretor da Petrobras está muito próximo de fechar acordo de delação premiada com o Ministério Público Federal

Renato Duque, ex-diretor de Serviços da Petrobras, declarou ter se reunido com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e Paulo Okamotto, presidente do Instituto Lula, a fim de debater divisão de propina em contratos da petrolífera. A informação foi revelada em reportagem do Valor Pro, do jornal Valor Econômico.

Leia também:
Tribunal de SP deixa com Moro denúncia contra Lula por tríplex
Ministro do STF suspende bloqueio de R$ 2,1 bi da Odebrecht

Segundo o depoimento de Duque, indicado pelo PT ao cargo da companhia, essas reuniões ocorreram na sede do instituto, no bairro do Ipiranga, em São Paulo. Ele está em negociações avançadas de um acordo de delação premiada com o Ministério Público Federal (MPF) em Curitiba e disse ter como provar o que relata.

De acordo com a reportagem, o ex-executivo “já prestou informações escritas aos investigadores por meio de anexos elaborados por seus advogados” e o “material é considerado relevante”. Os procuradores da força-tarefa devem receber outros papéis com novas informações a partir de 8 de setembro.

O Valor também “apurou que Duque fez um relato sobre o que chamou de verticalização das ordens de comando na Petrobras. Segundo ele, as decisões tomadas pela estatal que – deveriam obedecer a critérios técnicos – eram ordenadas com viés político.”

VEJA tenta contato com a defesa do executivo.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Leticia Martelle Maynard Rio

    A tempos estamos ouvindo que Lula é corrupto, que é o chefe do Petrolão e do mensalão. ma scadeia que é bom nada.

    Curtir

  2. Leticia Martelle Maynard Rio

    O PROTEGIDO E IMUNE A TODA ESSA PODRIDÃO.
    A tempos estamos ouvindo que Lula é corrupto, que é o chefe do Petrolão e do mensalão. mas cadeia para esse bandido que é bom, nada né?

    Curtir

  3. Leticia Martelle Maynard Rio

    Lula ja foi denunciado por seus próprios companheiros, em delações premiadas, o MPF e a Policia federal alegam ter provas suficientes para prenderem 10 Lulas, no entanto o pilantra, o CHEFE maldito e ladrão continua solto.
    Por que Lula é tão protegido?
    Por que só os comandados estão indo presos e o Chefe não?
    É isso que o Brasil de bem quer saber………………

    Curtir

  4. jose aldo lopes

    A pergunta que não quer calar…Quando é que o apedeuta vai apodrecer na cadeia, pagando pelos crimes que cometeu e continua cometento, livre, leve e solto..Confiamos no Dr. Moro, que com raras excessõs , encabeça a dignidade juridica neste pobre Brasil, devastado pela quadrilha petralha e seus apaniguados (outros bandos politicos)..

    Curtir

  5. Nelson Marchetto

    E ainda tem gente deles dizendo que a dilma, aquela, a ex, a que foi defenestrada por 61 votos, nada sabia e que, quando “ministra poste” no ministério de minas e energia, nada sabia a respeito, a “mulher honesta”, que sempre ajudou o “chefe” da quadrilha desde então e, após ser eleita virou “chefe” do esquema na Petrobras, substituindo seu “chefe”. Essa gente, se é que pode assim ser chamada, não tem medida para seus atos criminosos, e ainda tem trouxas na Av. Paulista brigando, perdendo olho, levando borrachada, destruindo patrimônios, apoiando essa organização criminosa, também não gosto do “temer”, mas a Constituição é soberana nesse caso, ele assume, mas que não faça bobagem porque nós os que estamos em lado oposto, aqueles que só fazem manifestações aos “domingos” porque tem que trabalhar, se manifestarão novamente cobrando dele tudo até 2018, ele que não tenha duvida quanto a isso!!!

    Curtir

  6. Elcir Granado

    Quem precisa de líder é boiada!

    Curtir

  7. Edson Souza Vieira Vieira

    O fim está perto, LULA.

    Curtir

  8. Odenir Laprovita Vieira

    Se fosse Lei não haveria tanta corrupção, Basta limitar todas as compras e pagamento das pessoas físicas a dinheiro em Hum salário mínimo, é os depósitos em dinheiro no máximo a 10 (dez) salários mínimos por mês. Qualquer transação superior a este valor, somente através de cartão ou cheque nominal, e criminalizar todas as transações efetuadas em dinheiro acima deste valor. Nenhum profissional liberal ou político concorda com este projeto porque estará dando um tiro no próprio Pé, e em razão disto a roubalheira continua e o povo que se dane.

    Curtir