Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Doria anuncia mais 2 ministros de Temer para secretários de governo em SP

Governador eleito escolhe Rossieli Soares da Silva para a Educação e Sérgio Sá Leitão para a Cultura

Por Giovanna Romano - Atualizado em 6 nov 2018, 16h18 - Publicado em 6 nov 2018, 13h59

O governador eleito por São Paulo, João Doria (PSDB), anunciou nesta terça-feira, 6, mais dois nomes para compor as secretarias do governo do Estado. Rossieli Soares da Silva e Sérgio Sá Leitão, que cuidarão, respectivamente, das pastas de Educação e Cultura, são atuais ministros do governo Michel Temer (MDB).

Nesta semana, já foram anunciados quatro secretários para a administração estadual de Doria. Entre os nomeados, três são ministros de Michel Temer. O tucano, durante sua campanha eleitoral, atacou o seu adversário Paulo Skaf (MDB), associando-o negativamente ao então presidente da República.

Para a educação, Doria escolheu Rossieli Soares da Silva, advogado e mestre em gestão e avaliação educacional pela Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF). Nomeado ministro da Educação em abril deste ano por Michel Temer, exercia o cargo de Secretário de Educação Básica do Ministério da Educação desde maio de 2016. Anteriormente, já foi secretário de Estado da Educação do Amazonas.

Rossieli Soares da Silva participou ativamente da reformulação do Novo Ensino Médio, sancionado em fevereiro de 2017, e das discussões sobre a Base Nacional Comum Curricular (BNCC) da educação infantil e do ensino fundamental, homologada pelo MEC em dezembro do mesmo ano.

Publicidade

O futuro secretário da pasta de Cultura será Sérgio Sá Leitão, o atual mnistro de Estado da Cultura. Graduado em jornalismo pela Escola de Comunicação da UFRJ, foi CEO da produtora Escarlate Audiovisual, diretor da Ancine e do Cine Odeon. Também foi assessor da Presidência do BNDES em 2006, coordenando a criação do Departamento de Economia da Cultura e do Programa para o Desenvolvimento da Economia da Cultura.

Na segunda-feira 5, o governador eleito por São Paulo anunciou o ex-prefeito de São Paulo Gilberto Kassab (PSD) como o secretário-chefe da Casa Civil durante a sua gestão no Palácio dos Bandeirantes. Kassab também exerce cargo de ministro no governo do presidente Michel Temer, à frente da pasta da Ciência e Tecnologia.

Doria também anunciou o fim da Secretaria de Governo e disse que “deixará a máquina pública mais enxuta” em seu governo.

Publicidade