Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Doleiro Youssef passa mal e segue para hospital em Curitiba

Esta é a quarta vez que Alberto Youssef, testemunha-chave no esquema do Petrolão e cardiopata, é internado

O doleiro Alberto Youssef passou mal na carceragem da Polícia Federal, em Curitiba, neste sábado e foi levado para o hospital Santa Cruz por volta das 14h30. De acordo com seu advogado, Antonio Figueiredo Basto, Youssef teve uma queda de pressão, fortes dores abdominais e febre alta. Um dos acusados e delatores do esquema de corrupção na Petrobras, Youssef é cardiopata. Esta é a quarta vez que é hospitalizado desde que foi preso na Operação Lava Jato.

De acordo com o hospital, ele foi atendido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Em boletim divulgado às 17h30, o hospital afirma que Youssef foi admitido com quadro de elevação de temperatura corporal. “No momento, apresenta bom estado geral, consciente, realizando exames complementares para elucidação diagnóstica”, diz o texto. Segundo o boletim, Youssef não tem previsão de alta hospitalar.

Em outubro, Youssef teve uma queda de pressão e desmaiou na carceragem da Polícia Federal. Foi internado no dia 25 e, quatro dias depois, teve alta.

Conforme pessoas que acompanham a internação do doleiro, ao chegar ao hospital ele já não apresentava mais febre e as dores abdominais diminuíram. Mesmo assim, será submetido a uma tomografia e outros exames. A expectativa é que ele pode voltar à superintendência da PF no domingo, se esse quadro se mantiver. No hospital o doleiro disse aos médicos que estava com sono e gostaria de dormir.

Leia também:

Empresário se enrola para explicar parceria com Youssef: ‘Não procurei seu passado no Google’

MPF rastreia dinheiro desviado da Petrobras no exterior

Réu da Operação Lava Jato, Youssef está preso desde março na carceragem da PF, em Curitiba, no Paraná.

Reportagem de capa de VEJA de outubro revelou que Youssef afirmou em depoimento à Polícia Federal que a presidente Dilma Rousseff e seu antecessor no cargo, Luiz Inácio Lula da Silva, sabiam do esquema de desvios operado na Petrobras.

(Atualizado às 19h30)

(Com Estadão Conteúdo)