Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Dois ministros devem deixar cargos para votar por Dilma no Senado

Dois ministros devem se licenciar do cargo para votar contra o processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff no Senado, que pode resultar no afastamento dela do cargo por até 180 dias. São eles: Kátia Abreu, da Agricultura; e Armando Monteiro, do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior. O retorno ao Legislativo, no entanto, não deve render votos a mais para Dilma. Isso porque os suplentes que estão no seu lugar – Donizeti Nogueira (PT-TO) e Douglas Cintra (PTB-PE) – já se declararam contrários ao processo de impeachment. Segundo o mapa do impeachment do site de VEJA, 49 senadores disseram que vão votar pela admissibilidade, enquanto 20 se manifestaram contra. É preciso maioria simples (metade mais um) dos presentes no plenário para o processo ser instaurado.

Leia também:

Dilma nomeia Carlos Gabas para chefiar Secretaria de Aviação Civil

TSE determina que PT devolva R$ 7 mi aos cofres públicos

(Com Estadão Conteúdo)