Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Dilma: ‘Temos de assegurar que essa tragédia jamais se repetirá’

Presidente da República visitou no domingo a cidade de Santa Maria, emocionou-se e prestou solidariedade à família das vítimas

A presidente Dilma Rousseff afirmou nesta segunda-feira que o poder público não pode permitir a ocorrência de novas tragédias como o incêndio que deixou 231 mortos e mais de cem feridos na boate Kiss, em Santa Maria (RS), na madrugada de domingo. Discursando no Encontro Nacional de Prefeitos, em Brasília, Dilma pediu um minuto de silêncio em respeito às vítimas do incêndio na casa noturna e exigiu uma atuação mais firme dos agentes públicos: “Temos o dever de assegurar que essa tragédia jamais vai se repetir”. A presidente cobrou a responsabilidade de “todos do poder Executivo” diante do incidente em Santa Maria. Leia também:

Principais provas da tragédia foram retiradas da boate Kiss Conheça as vítimas da tragédia em Santa Maria Médicos de Santa Maria entre o trabalho e a dor da perda de parentes Segundo sócio da boate Kiss se entrega à polícia Dilma, que esteve neste domingo em Santa Maria e visitou parentes de vítimas, afirmou que o sentimento diante da situação é “indescritível”. “Hoje, nós nos reunimos ainda sob a emoção dessa terrível tragédia em Santa Maria. Eles eram jovens, eles tinham sonhos, podiam ser nossos futuros prefeitos ou prefeitas, podiam ser nossos futuros presidentes ou presidentas. Podiam ser futuros cientistas, futuros agrônomos, psicólogos, juízes. Podiam ser as filhas e os filhos ou os netos e as netas de cada um de nós. Mas eles, infelizmente, não tiveram a oportunidade de cumprir seus sonhos, de cumprir o sonho de cada mãe e de cada pai. Ontem, fui a Santa Maria e a dor que presenciei é indescritível. Falo dessa dor para lembrar a responsabilidade que todos nós do poder Executivo temos com a nossa população e diante dessa tragédia temos o dever de assumir o compromisso de assegurar que ela jamais se repetirá”, afirmou a presidente.