Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Dilma fala a empresários. E foge de perguntas

Depois de se enrolar e irritar-se com jornalistas nesta quarta, Dilma evitou a imprensa em evento eleitoral com empreendedores em Brasília

A presidente-candidata Dilma Rousseff compareceu nesta quinta-feira a um evento com empresários e empreendedores em Brasília. A programação previa a participação da presidente no almoço – mas ela chegou com mais de uma hora de atraso e fez apenas um discurso de cinco minutos no início do evento, antes de ir embora. O ministro da Micro e Pequena Empresa, Guilherme Afif Domingos, foi quem convidou os empresários para o evento.

O cronograma previa uma entrevista coletiva de Dilma na saída do local. Mas a presidente fez apenas um pronunciamento aos jornalistas sobre a lei que amplia o Super Simples, sancionada horas antes por ela no Palácio do Planalto. “O caminho da reforma tributária é simplificação, é cadastro único, é unificação, o que ocorre no Supersimples”, disse.

Em seguida, Dilma tentou esquivar-se das perguntas dos jornalistas: disse que estava atrasada para a viagem que faria a São Paulo. Ela respondeu apenas a um questionamento – afirmou que suas frequentes idas ao Estado se devem ao fato de São Paulo ter a maior população do país. Entre a população paulista, Dilma tem 47% de rejeição, segundo pesquisa Datafolha.

A campanha eleitoral tem exposto a presidente-candidata aos microfones com mais frequência. Na função de presidente, ela raramente concede entrevistas – que costumam deixá-la visivelmente desconfortável. Nesta quarta-feira, Dilma se irritou quando indagada sobre a farsa montada por senadores do PT e assessores do seu governo na CPI da Petrobras.

Leia também: Gravações comprovam: CPI da Petrobras foi uma grande farsa